Sonia Braga vai estrelar filme sobre Nossa Senhora de Fátima

Sonia Braga vai estrelar filme sobre Nossa Senhora de Fátima

 

A atriz Sonia Braga (“Aquarius”) vai estrelar um longa sobre a aparição de Nossa Senhora de Fátima. Intitulada “Fátima”, a produção foi anunciada durante encontro de mercado no Festival de Cannes.

Sonia Braga irá interpretar o papel de Irmã Lúcia, o que significa que a trama deve refletir o legado de Fátima, décadas após as visões originais.

Lúcia foi uma das três crianças camponesas (os chamados três pastorinhos) que alegaram ter visto por seis vezes a Virgem Maria, entre maio e outubro de 1917, na cidade portuguesa que dá nome ao longa. Ela foi beatificada em 2008, três anos após sua morte, ao 97 anos de idade. As outras duas crianças, Jacinta e Francisco, que morreram entre 1918 e 1919 durante uma pandemia de gripe, foram canonizados na semana passada pelo papa Francisco.

Existem rumores de que a irmã Lúcia foi substituída por uma impostora nos anos 1950 com o objetivo de não pressionar o Vaticano a publicar o terceiro segredo de Fátima, o qual deveria ser revelado após sua morte e que conteria um tema apocalíptico. Anos depois, o segredo foi revelado como sendo a tentativa de assassinato sofrida pelo Papa João Paulo II. Mas dez anos depois, o Papa Bento XVI afirmou que “iludir-se-ia quem pensasse que a missão profética de Fátima esteja concluída”.

Além da brasileira, o elenco também tem confirmado o ator americano Harvey Keitel (“Juventude”), em papel não revelado.

“Estamos emocionados com a ideia de trabalhar com a incrível equipe por trás de ‘Fátima’, incluindo os memoráveis e talentosos Harvey Keitel e Sonia Braga”, declarou o produtor Gary Hamilton, em comunicado à imprensa. “Cannes é o lugar perfeito para apresentar a potenciais compradores esse projeto comovente, cujos personagens acabaram de ser canonizados pelo papa e que têm uma impressionante quantidade de fiéis ao redor do mundo”, completou.

A direção do longa está a cargo do italiano Marco Pontecorvo, diretor de fotografia de longa carreira no cinema e na TV (“Cartas Para Julieta” e filme “Game of Thrones”), e filho do lendário cineasta Gillo Pontecorvo, de “A Batalha de Argel” (1966).

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.