Anya Taylor-Joy e Maisie Williams são confirmadas no elenco dos Novos Mutantes

Anya Taylor-Joy e Maisie Williams são confirmadas no elenco dos Novos Mutantes

 

É oficial. Confirmando rumores de negociações, a americana Anya Taylor-Joy (“Fragmentado”) e a inglesa Maisie Williams (série “Game of Thrones”) assinaram contrato para estrelar o filme de super-heróis “Novos Mutantes”.

Elas vão viver, respectivamente, Magia (Magik, em inglês) e Lupina (Wolfsbane), os papéis que os fãs idealizavam numa espécie de elenco de sonhos. Maisie, que em “Game of Thrones” tem um lobo gigante, dará vida a uma espécie de lobisomem, enquanto Anya, destaque de “A Bruxa”, será uma feiticeira mutante que, nos quadrinhos, escapa de uma dimensão similar ao inferno.

O nome civil de Lupina é Rahne Sinclair. Ela é uma adolescente escocesa que possui a habilidade de se transformar num lobo ou num estado intermediário, entre lobo e ser humano, mas tem dificuldades para controlar seus instintos quando vira fera. A personagem surgiu na primeira história dos Novos Mutantes nos quadrinhos, uma graphic novel escrita por Chris Claremont e desenhada por Bob McLeod em 1982, e foi integrante fixa do grupo até a Marvel decidir expandir o universo mutante e criar vários outros times de heróis, dos quais ela acabou participando. Atualmente, ela faz parte do X-Force.

Magia é Illyana Nikolievna Rasputin, uma jovem russa que foi introduzida muitos anos antes dos Novos Mutantes, como irmã caçula do X-Men conhecido como Colossus. Sua estreia aconteceu em 1975, como uma criança, mas seus poderes só vieram à tona em 1982 após uma reinvenção da personagem. Ela simplesmente envelheceu sete anos de uma só vez, aparecendo como adolescente superpoderosa numa história dos X-Men. A explicação foi esmiuçada numa minissérie escrita por Chris Claremont em 1983. A menina tinha sido raptada por um demônio e vivido sete anos numa dimensão paralela chamada limbo, onde o tempo passa de forma mais lenta. Lá, ela aprendeu feitiçaria, conjurou uma espada mística e desenvolveu a capacidade de abrir portais. E foi graças a um desses portais que conseguiu escapar de volta à Terra, segundos após ser vista pela última vez ainda criança. Logo após este pesadelo traumático, ela foi incorporada nos Novos Mutantes. Desde então, voltou a ser criança, morreu, ressuscitou, virou adulta e entrou nos X-Men.

As duas personagens confirmam que o filme terá a formação clássica dos quadrinhos escritos por Claremont, autor também das histórias que viraram os filmes “Wolverine – Imortal” (2013), “X-Men: Dias de um Passado Esquecido” (2014) e o vindouro “X-Men: Fênix Negra” (2018).

Nos quadrinhos, os Novos Mutantes foram o primeiro spin-off dos X-Men, abrindo caminho para a proliferação de inúmeras publicações e personagens mutantes, que o estúdio Fox agora está transformando em franquias.

A ideia por trás do projeto original era voltar a mostrar mutantes adolescentes, já que àquela altura os X-Men não eram mais estudantes do Instituto Xavier. Na hora de definir quem seriam os novos personagens, Claremont ainda arriscou criar uma equipe mais diversa que a de Stan Lee, combinando diversas etnias: um americano caipira (Míssil), uma refugiada vietnamita (Karma), uma índia cheyenne (Miragem), uma escocesa lobisomem (Lupina) e até um herdeiro milionário brasileiro (Mancha Solar)!

A primeira formação passou por várias reformulações, ganhando, entre outros, os reforços da irmã russa de Colossus (Magia), uma americana explosiva (Dinamite), um mexicano (Rictor), uma morlock (Skids), um alienígena (Warlock), outro nativo-americano (Apache), outra brasileira (Magma) – ou melhor, uma jovem criada numa cidade perdida da Amazônia – e um personagem que é mais lembrado por sua morte traumática (Cifra).

O filme “X-Men: Dias de um Futuro Esquecido” chegou a mostrar dois Novos Mutantes, que apareceram lutando ao lado dos X-Men do futuro: Apache (vivido por Booboo Stewart) e o brasileiro Mancha Solar (Adan Canto), além de Blink (Fan Bingbing), que tem uma ligação com o grupo. Blink e Apache também aparecerão na vindoura série “The Gifted”, da Fox.

Recentemente, o produtor Simon Kinberg adiantou que a continuidade do filme dentro do universo dos “X-Men” será garantida pela participação de Charles Xavier como professor do novo grupo.

“Novos Mutantes” está dirigido por Josh Boone (“A Culpa É das Estrelas”) e deve trazer como vilão o Urso Místico.

A estreia está marcada para 13 de abril de 2018.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna