Vilão de Harry Potter será o capitão de Star Trek: Discovery

Vilão de Harry Potter será o capitão de Star Trek: Discovery

 

O ator Jason Isaacs, que viveu o vilão Lucius Malfoy na franquia “Harry Potter” e foi visto mais recentemente na série “The OA”, foi contratado para viver o capitão da nave Discovery, na nova série do universo “Star Trek”.

Seu personagem será o Capitão Lorca e sua escalação contradiz uma entrevista do antigo showrunner da produção, Bryan Fuller (série “Hannibal”), que em agosto afirmou que “Star Trek: Discovery” seria centrada numa protagonista feminina e não teria capitão.

Desde então, Fuller saiu da produção – ou foi saído – para se concentrar em outros projetos e tudo pode ter mudado. Mas qualquer afirmação a esta altura é pura conjectura.

O fato de a série ainda estar escalando seu elenco condiz com o clima tumultuado que parece existir em seus bastidores. Além da saída de Fuller, a atração teve estreia adiada duas vezes e ninguém assume a responsabilidade de dizer quando ela poderá ser vista.

Isaacs vai se juntar a um elenco que já tem confirmadas as participações de Sonequa Martin-Green (a Sasha de “The Walking Dead”), Michelle Yeoh (estrela de “O Tigre e o Dragão”), Anthony Rapp (“Uma Mente Brilhante”), Doug Jones (conhecido por viver monstros em produções de Guillermo del Toro, como “Hellboy”, “O Labirinto do Fauno” e “Mama”) e James Frain (série “Gotham”) como Sarek, o pai de Spock – além do trio Chris Obi (minissérie “Raízes”), Shazad Latif (o Jekyll de “Penny Dreadful”) e Mary Chieffo (“Miss Dial”), intérpretes de klingons.

“Star Trek: Discovery” será a primeira série da franquia em mais de dez anos e foi concebida por trekkers de três gerações diferentes: Nicholas Meyer (diretor de “Jornada nas Estrelas II: A Ira de Khan” e roteirista de “Jornada nas Estrelas IV – A Volta para Casa”, nos anos 1980), Bryan Fuller (que começou a carreira escrevendo episódios das séries “Star Trek: Deep Space Nine” e “Star Trek: Voyager”, nos anos 1990), e Alex Kurtzman (roteirista dos dois primeiros filmes do reboot da franquia, “Star Trek” e “Além da Escuridão: Star Trek”).

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna