Minissérie The White Princess, com atriz de Game of Thrones, ganha vídeo com cenas inéditas e entrevistas

Minissérie The White Princess, com atriz de Game of Thrones, ganha vídeo com cenas inéditas e entrevistas

 

O canal pago americano Starz divulgou um vídeo da minissérie “The White Princess”, com cenas inéditas e entrevistas com o elenco e sua criadora. A atração é continuação de “The White Queen”, indicada ao Emmy e ao Globo de Ouro em 2014, e gira em torno da filha da protagonista da série original. Entretanto, todo o elenco mudou, devido à demora do canal em autorizar sua produção.

É lamentável que quatro anos tenham se passado desde o final de “The White Queen”, em agosto de 2013. Isto se deve à longa protelação da rede britânica BBC para decidir se iria dividir os custos da produção, como fez com a primeira minissérie. Os britânicos enrolaram, enrolaram, até que o Starz finalmente decidiu ir em frente sem o apoio da BBC, arcando sozinho com todas as despesas, com base na repercussão positiva da primeira série.

“The White Queen” foi o trabalho que projetou a atriz sueca Rebecca Ferguson mundialmente. Desde então, ela virou uma atriz cobiçada de cinema e não voltará ao papel de Rainha Elizabeth. Diante disso, a produção optou por uma mudança completa de intérpretes.

A nova minissérie adapta mais um arco da franquia literária de Philippa Gregory, conhecida como “The Cousins War” (“Guerra Entre Primos”, no Brasil). A trama é ambientada na Inglaterra do século 15 durante a Guerra das Rosas, uma série de longas, intermitentes e impiedosas batalhas pelo trono inglês, e enfatiza o papel das mulheres no conflito.

A Princesa do título é a Princesa Elizabeth, filha da Rainha Elizabeth (Ferguson) e do Rei Edward IV (Max Irons, de “A Hospedeira”). Vivido pela escocesa Freya Mavor (série “Skins”) em “The White Queen”, ela agora é interpretada por Jodie Comer (minissérie “Thirteen”).

A história repercute os eventos anteriores, mostrando o que aconteceu após a vitória de Henry Tudor (agora vivido por Jacob Collins-Levy, da série “Glitch”) na luta pelo trono inglês, e as manobras de bastidores que o fizeram se casar com a filha de seu rival, a jovem Elizabeth, que se torna a primeira rainha da dinastia Tudor. Entretanto, logo chegam notícias de que o irmão da princesa, Edward de York, herdeiro legítimo ao trono, sobreviveu ao conflito, fazendo com que ela fique dividida entre sua família e a aliança com o novo marido.

O elenco renovado também inclui Essie Davis (“Assassin’s Creed” e “O Babadook”) no papel que pertenceu a Ferguson, como a rainha mãe, e Michelle Fairley (série “Game of Thrones”) como Lady Margaret Beaufort, mãe de Henry VII e responsável por mandar matar os irmãos da princesa.

Entre as mulheres da trama, ainda se destacam Rebecca Benson (série “Game of Thrones”) como Margaret Plantagenet, e Suki Waterhouse (“Orgulho e Preconceito e Zumbis”) como Cecily de York, duas irmãs da princesa, além de Joanne Whalley (série “Beowulf: Return to the Shieldlands”) como a Duquesa da Borgonha.

A minissérie será novamente escrita e produzida por Emma Frost (produtora também de “The Man in the High Castle”), em parceria com a escritora Philippa Gregory. A estreia está marcada para 16 de abril.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna