Michael Bay negocia dirigir filme sobre a caçada ao narcotraficante El Chapo

Michael Bay negocia dirigir filme sobre a caçada ao narcotraficante El Chapo

 

A Sony está negociando com Michael Bay (“Transformers”) para o diretor assumir a caçada ao traficante mexicano “El Chapo”. O estúdio venceu o próprio Bay num leilão pelos direitos autorais do livro que descreve destalhes da prisão do narcotraficante mais procurado do mundo e agora quer aproveitar o interesse do cineasta na história para trazê-lo a bordo.

Joaquín “El Chapo” Guzmán, que se declara inocente de todas as acusações, foi considerado o inimigo público número um dos Estados Unidos após a morte de Osama bin Laden, e chegou a escapar duas vezes de prisões de segurança máxima no México.

“El Chapo” ficou conhecido como um criminoso pop, por manter relacionamento com figuras da música e do entretenimento dos Estados Unidos, além de figurar na lista de bilionários da revista Forbes durante quatro anos, quando seu cartel foi responsável por 25% de toda a droga traficada do México para os Estados Unidos.

Ele acabou recapturado no ano passado, ao ceder à vaidade e aceitar uma entrevista com o ator Sean Penn para a revista Rolling Stone.

O longa da Sony será uma adaptação do livro “Hunting El Chapo: The Thrilling Inside Story of the American Lawman Who Captures the World’s Most-Wanted Drug Lord”, assinado por Cole Merrell e Douglas Century, que será publicado em outubro.

Mas o projeto competirá com outro longa sobre o narcotraficante, produzido pela Fox e com direção de Ridley Scott (“Alien: Covenant”) Trata-se da adaptação de “The Cartel”, uma versão ficcional da ascensão de El Chapo, adaptada do romance homônimo de Don Winslow.

Além destes filmes, o roteirista e produtor norte-americano Chris Brancato, cocriador de “Narcos”, está desenvolvendo uma série baseada na história do líder do cartel de Sinaloa para o canal pago americano History.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.