Danny Boyle considera desenvolver spin-offs de Trainspotting

Danny Boyle considera desenvolver spin-offs de Trainspotting

 

Em meio à divulgação de “T2 Trainspotting”, Danny Boyle revelou que poderia se envolver em mais um filme sobre os mesmos personagens, mas não seria “T3”, uma continuação direta, pois os livros escritos por Irvine Welsh são como um “universo Marvel”, repletos de aventuras solos.

“The Blade Artist”, por exemplo, seria um desses livros. A obra lançada no ano passado retrata a violenta vida de Begbie, vivido nos cinemas por Robert Carlyle. “Acredito que Bobby (Carlyle) adoraria fazer porque é muito interessante para o personagem. Isso poderia render um filme. Não poderia ser chamado de ‘T3’ porque todos os outros pouco ou nada aparecem. É uma história solo. Pode se chamar de spinoff. ‘The Blade Artist’ é uma grande leitura”, declarou Boyle ao site da revsita The Hollywood Reporter.

Apesar da empolgação em expandir o universo de “Trainspotting” nos moldes da Marvel, o cineasta ressaltou que não definiu se irá mesmo fazer estes filmes. “Não sei. Minha afeição é pela totalidade, pelos quatro. As pessoas consideram o primeiro um longa mais voltado para Renton (Ewan McGregor). Eu não vejo desta forma, apesar dele dominar por ser o narrador. Sempre olhei como um filme de elenco, então, ainda estou muito neste modelo”, declarou.

Já Robert Caryle, em entrevista ao jornal The Guardian, deixou claro que toparia voltar ao personagem mais uma vez. “Temos conversado sobre o assunto e estou disposto a fazer. Então, talvez, não tenhamos ainda visto o fim de Begbie”, afirmou.

“T2 Trainspotting” chega aos cinemas brasileiros na próxima quinta-feira, dia 23 de maio.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.