Clássico de terror A Mosca pode ganhar mais um remake

Clássico de terror A Mosca pode ganhar mais um remake

 

O terror de inspiração sci-fi “A Mosca” pode ganhar um novo remake. Segundo o site Deadline, o cineasta indie J.D. Dillard abriu negociações com a 20th Century Fox para dirigir e escrever uma nova versão.

Ele dividiria a história com Alex Theurer, com quem desenvolveu o único longa-metragem de sua filmografia, “Sleight”, mistura de filme de super-herói e drama urbano, ao estilo da série “Luke Cage”, que teve première no último Festival de Sundance.

A trama original envolvia um brilhante e excêntrico cientista, que, ao sofrer um acidente durante uma experiência com um aparelho de teletransporte, mistura seu DNA com o de uma mosca e se transforma numa espécie de inseto-humano. O primeiro filme é de 1958 e foi lançado no Brasil como “A Mosca da Cabeça Branca”. O primeiro remake foi feito três décadas depois por David Cronenberg. Como se passaram mais três décadas, Hollywood segue a tendência de forma inexorável.

Todos os filmes anteriores tiveram sequências menos famosas, e para não perder o costume a Fox também planeja usar o novo remake para lançar uma potencial franquia.

Ainda não há data prevista para o começo da produção.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna