Ídolo do futebol americano e marido de Gisele Bundchen, Tom Brady vai ganhar cinebiografia

Ídolo do futebol americano e marido de Gisele Bundchen, Tom Brady vai ganhar cinebiografia

 

O jogador de futebol americano Tom Brady, casado com a top brasileira Gisele Bundchen, vai ganhar uma cinebiografia. Segundo o site Deadline, os roteiristas Paul Tamasy e Eric Johnson, indicados ao Oscar pelo filme “O Vencedor” (2010), vão assinar o roteiro junto com o escritor de best-seller Casey Sherman, autor do livro que a dupla transformou na história de “Horas Decisivas” (2016), e o jornalista Dave Wedge, responsável pela reportagem que os inspirou a escrever “Dia do Atentado” (2016).

A história também vai render um livro e deve detalhar a carreira cheia de recordes e vitórias do atleta de 39 anos, com destaque para a recente conquista do Super Bowl 2017, mas também o romance com Gisele e as polêmicas do quarterback do New England Patriots, que chegou a ser suspenso por um escândalo esportivo, envolvendo o uso de bolas mais leves para ter vantagem nos jogos.

Considerado um dos melhores jogos da história da NFL, a conquista do Super Bowl 2017 consolidou Tom Brady como o maior quarterback do futebol americano e o único a vencer cinco campeonatos em sua carreira.

Não há previsão de lançamento para o livro, nem cronograma definido para sua versão cinematográfica. Antes disso, porém, Paul Tamasy e Eric Johnson entregam outro roteiro de temática esportiva, centrado na temporada vitoriosa do Leicester City, o time de futebol da segunda divisão que venceu a competitiva Premier League inglesa em 2016.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.