Gravações de Game of Thrones no inverno islandês acontecem a 25 graus abaixo de zero

Gravações de Game of Thrones no inverno islandês acontecem a 25 graus abaixo de zero

 

O inverno chegou com tudo em “Game of Thrones”. A ideia dos produtores de retardar as gravações para aproveitar a neve do inverno europeu está fazendo o elenco sofrer com um inverno severo na Islândia.

Segundo a coluna Page Six, do jornal New York Post, os atores Kit Harington (Jon Snow), Liam Cunningham (Davos Seaworth), Joe Dempsie (Gendry), Rory McCann (Sandor) e Kristofer Hivju (Tormund Giantsbane), entre outros, estão enfrentando ventos de 160 km/h e um frio de nada menos que 25 graus negativos.

A fonte da publicação descreve que “a luz do dia é escassa, durando apenas cinco ou seis horas, e superjipes são necessários para trazer equipamentos”. Além disso, os atores são vestidos e maquiados em hotéis e levados para o local das filmagens 90% prontos (para evitarem mais exposição às péssimas condições climáticas), enquanto abrigos, durante os intervalos, são oferecidos em formas de tendas russas, que têm aquecimento interno e podem suportar a forte ventania.

Ainda de acordo com o informante, os ventos, como era de esperar, dificultam as gravações das cenas, o que obrigam os atores a literalmente “gritarem” um com o outro para um bom entendimento dos diálogos entre seus personagens.

O site acredita que uma das sequências filmadas na região envolve uma missão da Patrulha da Noite ao norte da Muralha.

Ironicamente, apesar do frio intenso, há falta de neve em certos locais de planície, o que atrapalha o plano original de apresentar um cenário totalmente enevado.

A 7ª temporada de “Game of Thrones” terá apenas sete episódios, que estão programados para julho no canal pago HBO.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.