Fox e Sky entram em acordo e canais voltam ao ar

Fox e Sky entram em acordo e canais voltam ao ar

 

Durou uma semana o desligamento dos canais do grupo Fox na operadora Sky. A Fox comunicou ter fechado acordo com a Sky Brasil e a transmissão dos canais Fox foi restabelecida.

Eis o que diz o comunicado: “A FOX Networks Group Latin America agradece a lealdade e a paixão de seus fãs por seus conteúdos e informa que chegou a um acordo com a Sky Brasil que permite restabelecer a transmissão dos sinais dos nossos canais conforme o plano contratado. Desta forma, os assinantes retornam a desfrutar de seus programas favoritos e consagrados como ‘The Walking Dead’, ‘Os Simpsons’, ‘Homeland’, ‘Modern Family’, ‘Mozart in the Jungle’, ‘A História de Deus’, ‘American Crime Story’, ‘Scream Queens’, ‘Bones’, ‘The Americans’, os filmes mais premiados, o conteúdo esportivo preferido como a Copa Conmebol Libertadores Bridgestone e as novas séries como ‘Legion’, ’24: Legacy’, ‘Genius’ e ‘Origins’, entre muitas outras. A Fox Networks Group Latin America agradece a confiança da Sky Brasil que proporcionou chegar a um acordo que beneficie os nossos fãs”.

A justificativa dada para a retirada temporária dos canais do ar foram as dificuldades de alcançar os valores pretendidos pelo serviço. “As condições comerciais e de distribuição oferecidas pela Sky estão abaixo dos valores de mercado e do valor e relevância do conteúdo que o público elege e desfruta”, tinha dito a Fox, em nota anterior.

Mas alguns sites apuraram que a Fox também pretendia incluir seus canais premium (Fox1 e Fox Action) na grade da operadora, como um pacote cobrado separadamente tal como acontece com o Telecine e HBO. A Sky, no entanto, não achou vantajosa a oferta da Fox e isso precipitou o impasse. O sinal foi retirado do ar gerando uma insatisfação entre 5,2 milhões assinantes.

O detalhe é que a mesma novela já tinha passado antes, com o mesmo final. Há exatamente um ano, em fevereiro de 2016, a Fox tirou seus canais da operadora Oi, afetando mais de 1 milhão de assinantes. Na ocasião, o sinal também voltou após uma semana. Mais recentemente, houve ainda uma disputa em torno de valores e dos canais premium com a Net e a Claro, que somam 10 milhões de clientes, mas o acordo foi feito antes da situação levar a uma atitude drástica.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.