xXx é desativado por terror de M. Night Shyamalan nas bilheterias dos EUA

xXx é desativado por terror de M. Night Shyamalan nas bilheterias dos EUA

 

As estreias da semana alteraram o Top 10 das bilheterias da América do Norte, mas a disputa pela liderança não chegou a ser competitiva. Afinal, o terror “Fragmentado”, de M. Night Shyamalan (“O Sexto Sentido”), faturou exatamente o dobro de “xXx: Reativado”, o novo filme de ação estrelado por Vin Diesel.

Curiosamente, o abismo entre os dois longas também foi refletido pela opinião da crítica, que deu 76% para a história do psicopata de múltiplas personalidades, vivido por James McAvoy, contra 42% da volta de Diesel à franquia “Triplo X”.

Com o resultado, “Fragmentado” já deu lucro em seus primeiros três dias de exibição no país. O próprio Shyamalan financiou a obra, para que pudesse manter o controle criativo e impedir interferência do estúdio. A fórmula foi a mesma de seu filme anterior, “A Visita” (2015), que custou US$ 5 milhões e rendeu US$ 98 milhões em todo o mundo, com uma fatia significativa do faturamento retornando diretamente para o diretor-produtor. Infelizmente, o público brasileiro só vai poder conferir o novo sucesso de Shyamalan daqui a dois meses, em 23 de março.

Já “xXx: Reativado” ficou abaixo do esperado pela Paramount, considerando a blitz de marketing montada para divulgar a produção, orçada em US$ 85 milhões. Mas o mercado internacional respondeu bem ao elenco surreal, com jogador de futebol brasileiro, estrela de Bollywood, astro de ação de Hong Kong, campeão britânico de MMA, cantor de reggaeton, musa búlgara de série de vampiro, ex-VJ australiana da MTV, faixa-preta tailandês de taekwondo e até a Miss Colômbia 2015 – que foi Miss Universo por um minuto, graças a um equívoco do apresentador. Esse casting tresloucado de coadjuvantes ajudou Vin Diesel a escalar US$ 70,5 milhões em todo o mundo, com grande sucesso em países-chaves, como o Brasil, e impedir uma desativação precoce da franquia.

Campeã das duas semanas anteriores, “Estrelas Além do Tempo” caiu para o 3º lugar, mas já acumula US$ 84,2 milhões apenas nos EUA. Orçado em US$ 25 milhões, também está dando lucro e ainda nem teve distribuição internacional significativa. Sua estreia no Brasil está marcada para 2 de fevereiro.

A terceira grande estreia da semana não teve o mesmo desempenho. “Fome de Poder”, a história da fundação da rede McDonald’s, rendeu apenas US$ 3,7 milhões, com lançamento em 1,1 mil cinemas, num distante 9º lugar, o que compromete sua ambição de chamar atenção na temporada de premiações. A Weinstein Company apostou suas fichas numa divulgação voltada a destacar o ator Michael Keaton, cotando-o para uma indicação ao Oscar.

O Top 10 ainda registra o sucesso contínuo de “Rogue One: Uma História Star Wars”, que cruzou as duas barreiras vislumbradas na semana passada, superando os US$ 500 milhões em arrecadação doméstica e US$ 1 bilhão em arrecadação mundial.

O ranking também confirma o fracasso dos novos filmes de Martin Scorsese e Ben Affleck. Tanto “Silêncio”, de Scorsese, quanto “A Lei da Noite”, de Affleck, saíram do Top 10 em sua segunda semana de exibição. Com tombo mais forte, “Silence”, na verdade, caiu para baixo até do Top 20. Os dois filmes são os primeiros grandes fiascos comerciais de 2017. Suas estreias estão marcadas para fevereiro no Brasil.

BILHETERIAS: TOP 10 América do Norte

1. Fragmentado
Fim de semana: US$ 40,1 milhões
Total EUA: US$ 40,1 milhões
Total Mundo: US$ US$ 45,9 milhões

2. xXx: Reativado
Fim de semana: US$ 20 milhões
Total EUA: US$ US$ 20 milhões
Total Mundo: US$ 70,5 milhões

3. Estrelas Além do Tempo
Fim de semana: US$ 16,2 milhões
Total EUA: US$ 84,2 milhões
Total Mundo: US$ 84,2 milhões

4. Sing – Quem Canta Seus Males Espanta
Fim de semana: US$ 9 milhões
Total EUA: US$ 249,3 milhões
Total Mundo: US$ 427,9 milhões

5. La La Land – Cantando Estações
Fim de semana: US$ 8,3 milhões
Total EUA: US$ 89,6 milhões
Total Mundo: US$ 173,3 milhões

6. Rogue One – Uma História Star Wars
Fim de semana: US$ 7 milhões
Total EUA: US$ 512,2 milhões
Total Mundo: US$ 1 bilhão

7. Monster Trucks
Fim de semana: US$ 7 milhões
Total EUA: US$ 22,6 milhões
Total Mundo: US$ 41,9 milhões

8. O Dia do Atentado
Fim de semana: US$ 6 milhões
Total EUA: US$ 23,6 milhões
Total Mundo: US$ 25,9 milhões

9. Fome de Poder
Fim de semana: US$ 3,7 milhões
Total EUA: US$ 3,7 milhões
Total Mundo: US$ 3,7 milhões

10. Sleepless
Fim de semana: US$ 3,7 milhão
Total EUA: US$ 15,1 milhões
Total Mundo: US$ 15,1 milhões

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna