Willem Dafoe vira o mais novo suspeito do remake de Assassinato no Expresso Oriente

Willem Dafoe vira o mais novo suspeito do remake de Assassinato no Expresso Oriente

 

O ator Willem Dafoe (“Meu Amigo Hindu”) é o mais novo passageiro confirmado a bordo do remake de “Assassinato no Expresso Oriente”.

Ele vai se juntar a uma longa de lista de suspeitos, que já conta com Johnny Depp (“Alice Através do Espelho”), Michelle Pfeiffer (“Sombras da Noite”), Daisy Ridley (“Star Wars: O Despertar da Força”), Michael Pena (“Homem-Formiga”), Judi Dench (“007 – Operação Skyfall”), Josh Gad (“Pixels”) e a atriz espanhola Penelope Cruz (“O Conselheiro do Crime”), além de Kenneth Branagh (“Operação Sombra – Jack Ryan”), que vai investigar e dirigir o mistério.

O estúdio 20th Century Fox sempre pretendeu reunir um grande elenco na produção, para fazer justiça à obra, que já teve uma primeira adaptação cinematográfica dirigida por Sidney Lumet em 1974. O filme clássico, inclusive, rendeu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante para Ingrid Bergman. Além da lendária atriz sueca, o elenco original incluía Albert Finney no papel do detetive Hercule Poirot, e os suspeitos Lauren Bacall, Jacqueline Bisset, Sean Connery, John Gielgud, Anthony Perkins, Vanessa Redgrave e Michael York. Nada menos que impressionante.

Publicado em 1934, o livro original acompanha o trabalho de dedução do detetive Poirot para desvendar um assassinato cometido durante uma viagem do famoso trem Expresso do Oriente, onde não faltam suspeitos.

Na nova versão, o papel de Poirot caberá a Kenneth Branagh.

A adaptação foi escrita por Michael Green (“Lanterna Verde”) e tem produção a cargo de Ridley Scott (diretor de “Perdido em Marte”) e Simon Kinberg (roteirista de “X-Men: Apocalipse”).

A estreia está marcada para 23 de novembro no Brasil, um dia após o lançamento nos EUA.

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

Mais Pipoca