Retrospectiva: Os 15 melhores filmes do circuito limitado de 2016

Retrospectiva: Os 15 melhores filmes do circuito limitado de 2016

 

O circuito limitado brasileiro tem a variedade e a qualidade de um festival de cinema permanente, capaz de exibir preciosidades dos mais diferentes países, revelar novos cineastas e renovar o interesse pelos grandes mestres. Mas isso não significa que o público tenha acesso fácil às obras. Poucos cinéfilos podem ter visto os 15 destaques abaixo, já que sua distribuição concentrou-se em São Paulo e no Rio. Para dar a dimensão do problema, “Elle”, de Paul Verhoeven, unanimidade nas mais diferentes listas de melhores do ano, foi distribuído em apenas 29 salas no país. Bem mais que “As Montanhas se Separam”, por exemplo, que chegou em oito salas – apesar de seu diretor, Jia Zhang-Ke, ter sido tema de documentário do brasileiro Walter Salles.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna