Quer criar seu site? Pipoca Moderna recomenda a Weblink

Quer criar seu site? Pipoca Moderna recomenda a Weblink

 

Quem não gosta de ter suas opiniões conhecidas, debatidas e compartilhadas? O sucesso das redes sociais é uma prova de que, como dizem, todo mundo virou crítico. Entretanto, poucos se arriscam a montar o próprio site, receosos da complexidade da empreitada.

De fato, quem lê a Pipoca Moderna não imagina a complexidade que envolve manter a atualização diária, com grande fluxo de público e, por incrível que pareça, manter o próprio site no ar.

O mais difícil é encontrar o parceiro certo. Por isso, a Pipoca Moderna rodou muitas empresas de hospedagem, algumas bem famosas, antes de acertar, em 2015, com aquele que espera ser seu parceiro definitivo, capaz de permitir estabilidade, velocidade e performance compatível com o grande tráfego que geramos. Sem falar que, nestes dias de crise, é inegável seu charme econômico.

Quer criar seu próprio site? Quer mudar para um servidor mais estável do que o que está usando hoje? A gente indica, porque usa, a WebLink.

A empresa é sediada em Florianópolis-SC e tem como princípio, justamente, que todos podem e devem ter seu próprio site. Para isso, oferece domínio gratuito para seus clientes, ajudando-os a ingressar no mundo virtual.

A Weblink tem planos para todos os bolsos, desde o basicão para quem quer começar, até oferta de servidores mais robustos, como um VPS, para sites grandes, que é oferecido em diferentes configurações. A relação custo-benefício é uma das melhores do país. Confira aqui.

Mas nem tudo se resume à questão de desempenho e economia. A atenção aos clientes, que, como todos sabem, pode ser fator determinante para a continuidade de uma parceria, é um dos pontos que também merece consideração.

Quem já tem site sabe o diferencial que é ter tickets de atendimento respondidos de forma rápida e, em emergências, atendimento por chat ao vivo. E em tom cordial e interessado, no mais próximo de um gerenciamento que um serviço de hospedagem é capaz de oferecer. Mas não é gerenciamento, viu? Isto é por conta de quem tem o site. O que a Weblink realiza é uma combinação de Serviço de Qualidade, Atendimento Qualificado e Desejo de Ajudar e Ensinar, como consta em sua apresentação oficial.

Não é por acaso que a empresa vem crescendo e já ambiciosa se tornar a numero um no Brasil no ramo de Hospedagens e Servidores. Tendo grande potencial para conseguir cumprir esta missão, com um serviço tão bom, senão melhor que o da concorrência.

Quer detalhes técnicos? Que tal dar uma passagem no site oficial da empresa para saber sobre o painel de controle construído totalmente para seus clientes, capaz de fazer todas as alterações que forem necessárias numa interface de browser – além da pareceria com CPANEL e VESTACP. Ou ainda conhecer os servidores VPS de Minecraft, Counter-Strike e dos principais jogos para investir em sites para gamers, com opções de servidores com trafego de 1000GB até 8000GB.

De fato, o serviço é tão bom que você vai querer indicar para todo mundo, como estamos fazendo aqui. E o melhor é que dá para ganhar dinheiro com isso.

A Weblink lançou um Sistema de Afiliados, que proporciona aos seus clientes a possibilidade de uma renda complementar. Por meio dele, é possível oferecer a empresas e conhecidos os serviços da WebLink, e também buscar novos assinantes via banners e links do Programa que poderão ser inseridos em seu site.

Cada venda gerada por indicação ou clique num banner rende um comissionamento, em valores que, dependendo do serviço adquirido pelo novo cliente, poderá ser de R$60,00 a R$180,00 para você por indicação. Saiba mais aqui.

Quer mais? Neste mês de janeiro todos os produtos e serviços da Weblink estão com 25% de desconto, incluindo Upgrades e Renovações.

Aproveite e veja o vídeo abaixo para obter mais informações.

 

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna