Peter Capaldi confirma que deixará Doctor Who ao final da temporada

Peter Capaldi confirma que deixará Doctor Who ao final da temporada

 

O ator Peter Capaldi confirmou que deixará de ser o misterioso e divertido Doutor ao final da 10ª temporada do revival de “Doctor Who”.

“A nova temporada de ‘Doctor Who’ será a minha última… Sinto que é hora de seguir em frente”, disse o ator, em entrevista a Jo Whiley na Radio 2, da BBC. Ouça abaixo.

A notícia foi reforçada pelo Twitter oficial da série, que publicou: “Peter confirma que deixará a série no Natal de 2017 mas ‘Ainda sou o #DoctorWho! Estamos fazendo coisas épicas! Ainda não acabei'”.

12º intérprete de Doctor Who, Capaldi entrou para a série em 2014, durante a 8ª temporada, e deixará o programa no especial de Natal no final deste ano. Steven Moffat (criador de “Sherlock”), produtor principal da atração, também deixará “Doctor Who” no final de ano, sendo substituído por Chris Chibnall (criador de “Broadchurch”), que assim ganha carta branca para mudar tudo.

A série possui, ao todo, 54 anos de idade, mas teve sua produção interrompida em 1989. Seu retorno em 2005 é considerado a 1ª temporada do revival. Desde esta data, cinco intérpretes diferentes já viveram o bom Doutor. Além de Capaldi, o protagonista foi interpretado por, em ordem cronológica, Christopher Eccleston (hoje na série “The Leftovers”), David Tennant (nas séries “Jessica Jones” e “Broadchurch”), Matt Smith (série “The Crown”) e John Hurt, que faleceu na sexta (27/1).

A 10ª temporada de “Doctor Who” vai estrear em 15 de abril e introduzirá uma nova companheira para o Doutor, Billy, vivida por Pearl Mackie. Ela entra na produção no lugar da protagonista Clara Oswald, a simpática professorinha encarnada por Jenna Coleman, que teve um destino trágico no final da temporada passada. Aproveite e veja o trailer dos próximos episódios.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna