Orca assassina do documentário BlackFish morre nos EUA

Orca assassina do documentário BlackFish morre nos EUA

 

O parque aquático SeaWorld anunciou que Tilikum, a orca que inspirou o documentário “BlackFish – Furia Animal”, morreu aos 36 anos.

O SeaWorld citou vários problemas de saúde, mas não divulgou a causa da morte. A nota oficial diz: “Enquanto hoje é um dia difícil para o SeaWorld, é importante lembrar que a Tilikum teve uma vida longa e enriquecedora”.

“A vida de Tilikum vai sempre estar indissoluvelmente conectada com a perda de nossa querida amiga e colega, Dawn Brancheau. Enquanto todos experimentamos profunda tristeza por essa perda, continuamos a oferecer a Tilikum o melhor cuidado possível, a cada dia, dos maiores especialistas em mamíferos marinhos do país”, completou a instituição, em nota.

A orca foi responsável pela morte de sua treinadora Dawn Brancheau em 2010, num ataque tão brutal e violento que surpreendeu a todos. A agressividade de Tilikum acabou motivou o documentário de 2013, sobre o mundo dos shows com animais marinhos no EUA, desvendando o verdadeiro horror da vida em cativeiro das orcas e a completa falta de segurança de seus treinadores. O impacto de “Blackfish” mudou radicalmente a forma como o público passou a ver os parques aquáticos em todo o mundo.

Relembre abaixo o trailer do documentário.

 

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.

Mais Pipoca