Festival de Roterdã seleciona 15 filmes brasileiros

Festival de Roterdã seleciona 15 filmes brasileiros

 

O Festival Internacional de Cinema de Roterdã, que acontece na Holanda entre os dias 25 de janeiro e 5 de fevereiro, selecionou nada menos que 15 filmes brasileiros. Este total se divide entre sete longas e oito curtas-metragens, espalhados por diversas mostras do evento.

A maioria das obras selecionadas são trabalhos de jovens cineastas. Entre os longas, “Corpo Elétrico”, de Marcelo Caetano, “Antônio Um Dois Três”, de Leonardo Mouramateus, “Pela Janela”, de Caroline Leone, “Elon Não Acredita na Morte”, de Ricardo Alves Jr., além da coprodução “Los Territorios”, dirigida pelo argentino Ivan Granovsky, foram selecionados para a seção Bright Future, voltada a diretores em seu primeiro ou segundo filme.

Mas o país também emplacou um filme na mostra competitiva pricipal, “Arábia”, de Affonso Uchoa e João Dumans, e o novo longa de Julio Bressane, “Beduíno”, na seção Signatures, que celebra o trabalho de diretores já consagrados.

Já os curtas são “Disseminar e Reter”, de Rosa Barba, “Há Terra!”, de Ana Vaz, “The Flavor Genome”, de Anicka Yi, “Um Campo de Aviação”, de Joana Pimenta, “Constelações”, de Maurílio Martins, “Long Bueno”, de Abílio Dias, “As Crianças Fantasmas”, de João Vieira Torres e “Kbela”, de Yasmin Thayná.

A programação completa pode ser conferida no site oficial do festival.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna