Ellen DeGeneres usa Procurando Dory para cutucar Donald Trump

Ellen DeGeneres usa Procurando Dory para cutucar Donald Trump

 

Ellen DeGeneres deu uma divertida cutucada em Donald Trump na edição desta terça (31/1) de seu talk show diurno. Citando que a animação “Procurando Dory” foi exibida na Casa Branca no mesmo dia em que o presidente aprovou sua polêmica lei de imigração, proibindo a entrada de imigrantes e turistas de sete países nos EUA, a comediante resolveu lembrar a trama do desenho para o público.

A animação foi estrelada pela própria DeGeneres, dubladora original da peixinha que, como ela conta, morava na Austrália e, com a ajuda de amigos e desconhecidos, buscava chegar nos EUA onde se encontram seus pais. Ao chegar, porém, eles se veem detidos por um grande muro, que impede Dory de encontrar a família.

“Todos eles têm que passar por cima do muro e, vocês podem não acreditar, mas aquele muro quase não surtiu efeito para mantê-los do lado de fora”, contou DeGeneres, arrancando risos pela analogia evidente aos planos de Trump, que pretende construir um muro na fronteira com o Méxicao.

Dory cruza a fronteira e mesmo assim é separada da família. Para sua sorte, disse a apresentadora, outros animais estão dispostos a ajudá-la e a acolhem em seu mundo.

“Animais que nem precisam dela. Animais que não têm nada em comum com ela. Eles a ajudam (…) porque é isso que você faz quando vê alguém em necessidade, você o ajuda”, ela disse, por sua vez aludindo aos refugiados de outros países. “Então é isso que espero que todos que assistiram ‘Procurando Dory’ tenham aprendido”, acrescentou.

Comente

Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.