Diretor diz que novo Blade Runner é “projeto insano” e “encontro artístico enorme”

Diretor diz que novo Blade Runner é “projeto insano” e “encontro artístico enorme”

 

O cineasta canadense Denis Villeneuve falou rapidamente sobre a continuação de “Blade Runner”, durante o Festival de Veneza. Sem querer revelar muito, ele adiantou apenas elogios ao ator Ryan Gosling (“Dois Caras Legais”) e afirmou que se trata de um “projeto insano”.

“Não posso dizer nada. É um projeto insano que está indo em frente”, resumiu, antes de revelar sua satisfação com o trabalho e com seu protagonista. “Estamos no meio da filmagem neste momento e Ryan Gosling é fantástico. Para mim, é um encontro artístico enorme, enorme, enorme… Jamais me senti tão inspirado por um ator… Ele está fazendo algo realmente especial diante da câmera neste momento”.

Além de Gosling, o elenco inclui Jared Leto (“Esquadrão Suicida”), Robin Wright (série “House of Cards”), Dave Bautista (“Guardiões da Galáxia”), Mackenzie Davis (série “Halt and Catch Fire”), a cubana Ana de Armas (“Bata Antes de Entrar”), a holandesa Sylvia Hoeks (“O Melhor Lance”), a suíça Carla Juri (“Zonas Úmidas”) e o retorno de Harrison Ford, que viveu o protagonista do filme original.

O roteiro foi escrito por Hampton Fancher (do primeiro “Blade Runner”) e Michael Green (“Lanterna Verde”) e deve se passar décadas após o enredo do longa dirigido por Ridley Scott em 1982, adaptado de um conto do escritor Philip K. Dick.

A continuação de “Blade Runner”, ainda sem título definitivo, será a segunda sci-fi de Villeneuve, que levou a Veneza sua estreia no gênero, “A Chegada”, bastante elogiada pela crítica.

A estreia está marcada para 5 de outubro de 2017 no Brasil, um dia antes do lançamento nos Estados Unidos.

Comente

Chris Thomas é uma eterna estudante de cinema com algumas pós-graduações e radicada em Paris há uma década.