Daniel Craig teria recebido proposta de US$ 150 milhões para continuar como James Bond

Daniel Craig teria recebido proposta de US$ 150 milhões para continuar como James Bond

 

Afinal, Daniel Craig vai ou não vai estrelar mais filmes da franquia “007”? A resposta parece variar conforme a semana. Num dia, sites “especializados” publicam suas listas de candidatos ao papel. No dia seguinte, a pauta é a nova oferta dos produtores para Craig voltar ao papel.

Os rumores deste momento insistem que a Sony está o maior salário de todos os tempos para que Daniel Craig permaneça à frente da franquia. Segundo o site Radar, especialista em publicar fontes anônimas de fofocas de celebridades, os executivos do estúdio estão dispostos a pagar US$ 150 milhões para que o ator interprete James Bond em mais dois filmes, que seriam filmados consecutivamente.

Antes do lançamento de “007 Contra Spectre” (2015), o ator de 48 anos disse em uma entrevista “preferir cortar os pulsos” a ter que fazer Bond mais uma vez — apesar de supostamente ter recebido US$ 65 milhões pelo filme.

No entanto, uma fonte disse ao Radar que a declaração pode ter, na verdade, beneficiado Craig: “Ele deu uma cartada genial. Todo mundo sabe o quão adorado ele é pelos executivos, e a ideia de perdê-lo em um momento tão crucial para a franquia não é uma opção. Todos os chefões do estúdio estão preocupados”.

Entre os possíveis candidatos a substituto de Craig no papel, segundo a internet, estão nomes como Idris Elba (“Círculo de Fogo”), Tom Hiddleston (“Thor”) e Aidan Turner (série “Poldark”).

A Sony tem se negado a comentar os rumores. Já Craig está, atualmente, filmando “Logan Lucky”, novo filme de Steven Soderbergh, e ainda pretende estrelar “Purity”, sua primeira série americana.

Comente

Wilson Vianna é jornalista, fã de séries e filmes, mas se diverte mesmo com celebridades que se levam à sério.