Visita de Flash ajuda Supergirl a atingir uma de suas maiores audiências nos EUA

Visita de Flash ajuda Supergirl a atingir uma de suas maiores audiências nos EUA

 

A série “Supergirl” experimentou uma de suas maiores audiências nesta semana, na rede americana CBS, graças à visita do super-herói Flash, vindo não só de outra dimensão (como explicado na trama) como também de outro canal.

O episódio do primeiro encontro dos personagens dos quadrinhos rendeu 7,2 milhões de telespectadores ao vivo, um aumento de 38% na audiência em relação ao capítulo anterior de “Supergirl” e o maior público da série desde fevereiro, além de registrar 1.7 pontos na demografia cobiçada pelos anunciantes – o público entre 18 e 35 anos. O desempenho representou a segunda maior audiência da noite de segunda-feira (28/3) nos EUA, atrás apenas do popular programa “The Voice” – por sinal, exibido no mesmo horário de “Supergirl”.

Intitulado “World’s Finest” (os melhores do mundo), mesmo nome de uma revista de grandes duplas dos quadrinhos da DC (Batman e Superman foram seus principais protagonistas), o episódio foi de uma fofura marcante, muito bem escrito por Greg Berlanti e Andrew Kreisberg, e representou o 18º da temporada inaugural de “Supergirl”, que ainda não teve sua renovação confirmada.

Apesar da história cruzar com a trama atual da série “The Flash”, Supergirl não irá aparecer na atração do velocista escarlate, que é exibida nos EUA na rede CW. “The Flash”, por outro lado, já se encontra renovada para sua 3ª temporada. As duas séries são exibidas no Brasil pelo canal pago Warner.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna