Um dia após perder o pai, Vanessa Hudgens arrasa em Grease Live. Veja 11 clipes do musical

Um dia após perder o pai, Vanessa Hudgens arrasa em Grease Live. Veja 11 clipes do musical

 

O especial “Grease Live”, apresentação ao vivo do musical “Grease”, superou as expectativas da crítica e diversas dificuldades inesperadas para se tornar o maior sucesso da noite de domingo no canal americano Fox. A produção atraiu 12,2 milhões de espectadores e marcou 4.3 pontos na medição demográfica do instituto Nielsen, que foca a audiência do público-alvo dos anunciantes.

A transmissão teve que enfrentar uma chuva imprevista nas cenas ao ar livre, trocas de figurino complicadas e uma angustiante perda de áudio, mas os principais comentários nas redes sociais se focaram no drama de bastidores de Vanessa Hudgens. Seu pai faleceu de câncer um dia antes da apresentação e, mesmo assim, ela participou do espetáculo, dando vazão ao velho mote de que “o show não pode parar”. Ao final, ela deu a melhor performance da noite, como Betty Rizzo, e os créditos do especial homenagearam a memória de seu pai.

Vanessa não cantava numa produção desde a franquia televisiva “High School Musical” (2006-2008) e o filme “High School Band” (2009). Sua colega em “High School Musical”, Ashley Tisdale prestou sua solidariedade no Twitter. “Eu não esperaria menos do que isso. Vanessa Hudgens está detonando! Tão orgulhosa da minha garota!”, ela escreveu.

O espetáculo foi baseado na peça homônima de 1971, mas manteve referências ao sucesso de cinema “Grease: Nos Tempos da Brilhantina” (1978), estrelado por John Travolta (“Dupla Implacável”) e Olivia Newton-John (“Depois dos 30”), a maior bilheteria de um filme musical na história. Aaron Tveit (série “Graceland”) e Julianne Hough (“Rock of Ages”) ficaram com os papeis principais, como o casal Danny Zucko e Sandy.

“Grease Live” foi o segundo maior sucesso dos revivals musicais que viraram moda na TV americana desde a exibição de “The Sound of Music”, versão ao vivo de “A Noviça Rebelde” estrelada pela cantora Carrie Underwood em 2014. Sua audiência só perdeu para a do próprio “The Sound of Music”, visto por 18 milhões de espectadores. Os demais especiais foram “The Wiz” (11,5 milhões) e “Peter Pan Live” (9,2 milhões).

Confira abaixo algumas cenas do especial:

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna