Star Wars: O Despertar da Força atinge US$ 2 bilhões de bilheteria mundial

Star Wars: O Despertar da Força atinge US$ 2 bilhões de bilheteria mundial

 

“Star Wars: O Despertar da Força” atingiu neste fim de semana uma marca histórica, que apenas dois filmes tinham conquistado anteriormente. Cerca de um mês após se tornar a terceira maior bilheteria mundial de todos os tempos, a retomada da saga espacial virou o terceiro longa-metragem a faturar mais de US$ 2 bilhões nas bilheterias de todo o mundo.

A sci-fi de J.J. Abrams agora está colada em “Titanic” (1997), a segunda maior bilheteria de todos os tempos, e deve conseguir ultrapassar o navio de James Cameron. A diferença é de US$ 180 milhões, mas o lançamento de 2015 ainda está movimentando fortunas em várias países, entre eles os EUA, onde ampliou ainda mais seu recorde no fim de semana, tornando-se o primeiro filme a atingir US$ 900 milhões de faturamento no mercado doméstico.

Já “Avatar”, também dirigido por Cameron, permanecerá incólume em seu 1º lugar, muito distante das pretensões de “Star Wars”. O longa de 2009, que inaugurou uma efêmera febre 3D, soma US$ 2,7 milhões em todo o mundo. Mas sua liderança não deixa de ser resultado de maquiagem de efeito especial. É que “Avatar” conta um relançamento, com cenas inéditas, dentro de seu faturamento total, o que lhe rende a confortável vantagem com que observa o crescimento do rival.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna