Noomi Rapace não vai participar da continuação de Prometheus

Noomi Rapace não vai participar da continuação de Prometheus

 

Ela sobreviveu incólume a uma cesariana alienígena e a destruição de uma nave espacial, mas Elizabeth Shaw, a protagonista de “Prometheus” (2012) interpretada pela atriz Noomi Rapace, não participará da continuação do filme. Ao ser perguntado pelo jornal britânico Daily Mail se a personagem retornaria em “Alien: Covenant”, o diretor Ridley Scott respondeu com um simples “não”.

Trata-se de uma reprise dos casos da menina Newt (Carrie Henn) e do Cabo Hicks (Michael Biehn), sobreviventes de “Aliens – O Resgate” (1986), que teriam morrido entre aquele filme e a continuação, “Alien 3” (1992). Até que o diretor Neill Blomkamp (“Elysium”) imaginou uma continuação da franquia em que os dois teriam sobrevivido. A Fox, porém, adiou a produção deste filme para priorizar a continuação de “Prometheus”.

Segundo o site da revista Empire, a razão para a ausência de Noomi Rapace seria conflito de agenda. Ela estaria acertando estrelar uma cinebiografia da cantora Amy Winehouse e este projeto conflitaria com as datas de produção de “Alien Covenant”.

Por enquanto, “Alien: Covenant” só tem confirmadas a participação de Michael Fassbender, que voltará a viver o androide David, e Katherine Waterston (“Vício Inerente”) como a nova protagonista do filme. Como a trama vai se passar dez anos depois dos eventos do filme anterior, é possível que a ausência da personagem de Rapace seja explicada como um morte “fora de cena”.

“Alien: Covenant” vai começar a ser rodado em março, para uma estreia em 2017, e Scott já confirmou que, ao contrário de “Prometheus”, este novo capítulo será um filme “Alien” de verdade, com o retorno das conhecidas criaturas do seu filme original de 1979.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna