Johnny Depp confessa que tratava mal Leonardo DiCaprio

Johnny Depp confessa que tratava mal Leonardo DiCaprio

 

O ator Johnny Depp revelou em entrevista que não tinha paciência com Leonardo DiCaprio quando os dois trabalharam juntos em “Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador”, em 1993. “Eu o torturei”, confessou, diante de uma plateia, no Festival de Santa Barbara.

Antes de fazer a revelação, ele fez questão de elogiar o colega mais jovem. “Eu realmente o respeito e ele trabalhou pesado naquele filme, passou muito tempo ensaiando. Ele vinha para o set e estava pronto para filmar”, lembrou. “Mas eu realmente o torturei. Ele estava sempre falando sobre videogames, sabe? E eu estava em um período sombrio da minha vida”, contou. “Eu não lhe dava moral, tipo: ‘Não, Leo, eu não vou te dar um cigarro para você fumar escondido da sua mãe’, eu costumava dizer. Foi uma época difícil para mim, eu não sei porquê”, ele admitiu.

“Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador” rendeu a primeira indicação ao Oscar para Leonardo DiCaprio, como Melhor Ator Coadjuvante. Na época, ele tinha 20 anos de idade.

Comente

Wilson Vianna é jornalista, fã de séries e filmes, mas se diverte mesmo com celebridades que se levam à sério.