Jennifer Garner fala pela primeira vez sobre a separação de Ben Affleck

Jennifer Garner fala pela primeira vez sobre a separação de Ben Affleck

 

A atriz Jennifer Garner (“Clube de Compra Dallas”) falou pela primeira vez sobre sua separação de Ben Affleck (“Batman vs. Superman”). Após meses de silêncio, ela revelou o que pensa em uma entrevista para a revista Vanity Fair, colocando fim a todos os boatos. Para começar, a história da babá, que teria sido o pivô do divórcio.

“Nós já estávamos separados há meses antes que eu ouvisse falar sobre a babá. Ela não teve nada a ver com a nossa decisão de divórcio. Ela não fez parte disso. Mau julgamento? Sim. Não é fácil para seus filhos que a babá desapareça de suas vidas… Eu tive que ter conversas sobre o ‘escândalo'”, disse ela.

Jennifer comentou que não se arrepende de seu casamento. “Foi um casamento real. Não foi para as câmeras. E foi uma enorme prioridade para mim ficar no casamento. Mas isso não funcionou”, contou, acrescentando que, se tivesse a opção, repetiria a experiência. “Faria tudo de novo. Corri até a praia por ele, e faria novamente.”

Para ela, o casamento jennifer-garner-vanity-fairfoi muito positivo, pois resultou em coisas boas, entre elas os filhos do casal. Mas Ben Affleck é “um cara complicado”. “Eu sempre digo: ‘Quando o seu sol brilha pra você, você sente. Mas quando o sol está brilhando em outros lugares, fica frio. Ele pode deixar uma grande sombra'”.

Agora, a atriz quer refazer a sua vida. “Eu perdi o sonho de dançar com meu marido no casamento da minha filha. Mas você deve ver os rostos deles quando o pai entra pela porta. E se você vê seus filhos amando alguém de um jeito puro, então você fica amigo dessa pessoa”, disse ela, que espera ter a chance de viver um novo romance. “Homens não ligam mais… Eu quero flores. Eu não quero mensagens de texto. O que isso diz sobre mim? Que tipo de dinossauro eu sou?”, brincou.

Comente

Wilson Vianna é jornalista, fã de séries e filmes, mas se diverte mesmo com celebridades que se levam à sério.