Deadpool ganha classificação etária para 16 anos no Brasil

Deadpool ganha classificação etária para 16 anos no Brasil

 

O filme “Deadpool”, que estreia no próximo dia 11 de fevereiro, recebeu classificação indicativa de 16 anos no Brasil. É o primeiro lançamento de um super-herói da Marvel com “censura” tão elevada no país.

Nos Estados Unidos, a restrição foi ainda maior. O longa recebeu classificação “R”, que só permite menores de 17 anos acompanhados por pais ou adulto responsável.

Entretanto, esta não é a classificação mais elevada que uma adaptação de quadrinhos de super-heróis já recebeu no Brasil. Também lançado como “R” nos EUA, “Kick-Ass” (2010) foi exibido para maiores de 18 anos no país.

Curiosamente, ambos os filmes trazem o mesmo tipo de abordagem, voltada ao humor negro, com muita violência. No caso de “Deadpool” são citados ainda nudez e cenas de sexo como motivos para a classificação.

Estrelado por Ryan Reynolds, que já viveu o personagem em “X-Men Origens: Wolverine” (censura 14 anos), o filme ainda inclui o X-Men Colossus em sua trama. O roteiro é da dupla Rhett Reese e Paul Wernick (“Zumbilândia”) e direção ficou a cargo do estreante Tim Miller.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna