Confirmado: Flash vai encontrar Supergirl na série da super-heroína

Confirmado: Flash vai encontrar Supergirl na série da super-heroína

 

É oficial. O especulado crossover entre as séries “The Flash” e “Supergirl” vai acontecer. “Estamos muito animados em anunciar algo que estamos sonhando em fazer desde que anunciamos ‘Supergirl’. O Flash e a Supergirl vão se unir!”, disseram os produtores executivos de ambas as séries, Greg Berlanti e Andrew Kreisberg, em comunicado.

“Queremos agradecer Grant Gustin por tomar seu tempo para vir nos visitar – indo além de sua já imensa carga de trabalho -, e também a todos da CBS, The CW e Warner Bros. e DC por fazerem isso virar realidade”. Os produtores agradeceram até aos jornalistas, “que continuaram sempre nos perguntando quando isso ia acontecer”.

O encontro entre os personagens será histórico, não apenas por representar a primeira vez que interagirão na TV, mas por eles estrelarem séries em canais diferentes. Isto é uma grande raridade na programação televisiva, e só se tornou possível, neste caso, graças à confluência de diversos interesses, como o fato de os produtores de ambas as séries serem os mesmos, assim como o estúdio que produz as atrações e a editora que detém seus direitos autorais.

Apesar disso, o crossover vai acontecer pela metade. Apenas o Flash visitará a série “Supergirl”, participando de um episódio da atração da super-heroína. Ainda não foram divulgados detalhes sobre a trama do episódio, mas Barry Allen (Grant Gustin) seguirá para National City para conhecer o alterego de Kara Denvers (Melissa Benoist).

O capítulo foi intitulado “World’s Finest” (os melhores do mundo), título de uma revista de grandes duplas dos quadrinhos da DC (Batman e Superman foram seus principais protagonistas), e será o 18º da temporada inaugural de “Supergirl”, com exibição marcada para 28 de março.

Os crossovers de super-heróis já se tornaram comuns no canal CW, desde que se provaram grandes chamarizes de público, mas a CBS também tem experiência com esse tipo de produção, tendo anteriormente reunido os elencos de “CSI” e seus derivados. Mas é nos quadrinhos que isto atingiu extremos, originando verdadeiras “sagas” interligadas, cuja trama se entrelaça em publicações diferentes, obrigando os leitores a comprarem revistas que normalmente não acompanham.

“The Flash” e “Supergirl” são exibidas no Brasil pelo canal pago Warner.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna