Bilheteria: Kung Fu Panda 3 resiste aos irmãos Coen e zumbis para manter 1º lugar nos EUA

Bilheteria: Kung Fu Panda 3 resiste aos irmãos Coen e zumbis para manter 1º lugar nos EUA

 

A animação “Kung Fu Panda 3” não teve dificuldades para se manter em 1º lugar nas bilheterias norte-americanas pela segunda semana consecutiva, somando mais US$ 21 milhões em sua conta. Mas onde impressiona mesmo é na China, mercado em que também lidera pela segunda semana. O desempenho chinês já rendeu US$ 100 milhões, metade da arrecadação mundial da produção da DreamWorks Animation.

A permanência de “Kung Fu Panda 3” no topo se deu, basicamente, por falta de concorrência. Nenhuma das três estreias amplas da semana teve o sucesso imaginado por seus estúdios. Mesmo abrindo em 2º lugar, “Ave, César”, o novo filme dos irmãos Coen, rendeu apenas US$ 11,4 milhões. É pouco para um filme repleto de astros, como George Clooney, Channing Tatum e Scarlett Johansson. Para piorar, seus espectadores deram C- ao longa, na pesquisa do CinemaScore. Isto significa que não haverá boca-a-boca positivo, mesmo que a crítica tenha gostado – 79% no balanço do Rotten Tomatoes.

As outras novidades da semana tiveram desempenho pífio. O melodrama romântico “A Escolha” fez US$ 6 milhões na 5ª posição, mas ganhou nota B+, mostrando a tolerância do público com os lugares-comuns das adaptações do escritor Nicholas Sparks. Já a crítica tapou o nariz, chegando a um consenso negativo de 8% de aprovação.

“Orgulho e Preconceito e Zumbis” debutou mais morto que vivo, rendendo somente US$ 5,2 milhões em 6º lugar. Maior lançamento da semana, com distribuição em 2,9 mil salas, tomou também o maior tombo, caindo no buraco das produções medíocres – bem mediano, com B- do CinemaScore e 42% do Rotten Tomatoes para atestar.

Mesmo como paródia de drama de época, os zumbis do filme não assustaram ninguém, em parte graças à maquiagem digital, ao estilo “Zumbi Nation”, mas também pela própria ideia “genial” de sua premissa, cuja piada aparece explícita no título. Aparentemente, mash-up é um fenômeno das redes sociais e não dos cinemas, conforme também pode atestar o prejuízo gerado por “Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros” (2012), adaptação de romance do mesmo autor, Seth Grahame-Smith. Não contente em escrever essas pérolas, o gênio literário ainda roteirizou um filme, “Sombras da Noite” (2012), que foi outro fracasso retumbante. E com essa incrível folha corrida, acabou contratado para escrever a continuação de “Os Fantasmas Se Divertem” (1988), a animação do Batman Lego e o filme solo do super-herói Flash. Isto é Hollywood.

Para completar o rol de lamentações, o filme de pior avaliação crítica da semana nem entrou no Top 30, graças a seu lançamento limitado em 100 salas. Trata-se de “Regression”, suspense espanhol, mas falado em inglês e estrelado por ninguém menos que Emma Watson (franquia “Harry Potter”), que sofreu com 7% de aprovação e cinemas vazios, tendo a pior arrecadação por sala entre todas as 40 maiores bilheterias da semana – pífios US$ 310 por tela. Um fiasco de estarrecer até zumbi de paródia.

Mas o fim de semana não foi só luta por centavos. “Star Wars: O Despertar da Força” ampliou sua fortuna, atingindo dois marcos históricos, como o primeiro filme a atingir US$ 900 milhões de faturamento nos EUA e o terceiro a passar dos US$ 2 bilhões em todo o mundo. A sci-fi de J.J. Abrams já está colada em “Titanic” (1997) e pode ultrapassar o navio de James Cameron nas próximas semanas.

BILHETERIA: TOP 10 EUA

1. Kung Fu Panda 3
Fim de semana: US$ 21 milhões
Total EUA: US$ 69 milhões
Total Mundo: US$ 198,1 milhões

2. Ave, César
Fim de semana: US$ 11,4 milhões
Total EUA: US$ 138,1 milhões
Total Mundo: US$ 247,6 milhões

3. <O Regresso
Fim de semana: US$ 7,1 milhões
Total EUA: US$ 149,7 milhões
Total Mundo: US$ 236 milhões

4. Star Wars: O Despertar da Força
Fim de semana: US$ 6,8 milhões
Total EUA: US$ 905,9 milhões
Total Mundo: US$ 2 bilhões

5. A Escolha
Fim de semana: US$ 6 milhões
Total EUA: US$ 6 milhões
Total Mundo: US$ 6 milhões

6. Orgulho e Preconceito e Zumbis
Fim de semana: US$ 5,2 milhões
Total EUA: US$ 5,2 milhões
Total Mundo: US$ 5,2 milhões

7. Horas Decisivas
Fim de semana: US$ 4,7 milhões
Total EUA: US$ 18,3 milhões
Total Mundo: US$ 24,1 milhões

8. Policial em Apuros 2
Fim de semana: US$ 4,5 milhões
Total EUA: US$ 77,2 milhões
Total Mundo: US$ 100 milhões

9. Boneco do Mal
Fim de semana: US$ 4,09 milhões
Total EUA: US$ 26,8 milhões
Total Mundo: US$ 26,8 milhões

10. Tirando o Atraso
Fim de semana: US$ 4.05 milhões
Total EUA: US$ 29,3 milhões
Total Mundo: US$ 29,3 milhões

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna