Após sucesso de Deadpool, boatos indicam que os filmes de X-Force e Wolverine 3 também serão para maiores

Após sucesso de Deadpool, boatos indicam que os filmes de X-Force e Wolverine 3 também serão para maiores

 

O sucesso de “Deadpool” disparou diversos rumores na internet. A se acreditar neles, a 20th Century Fox agora só vai fazer filmes de super-heróis para adultos. O boato começou após o produtor-roteirista Simon Kinberg (“X-Men: Dias de um Futuro Esquecido”) dizer que conseguia “imaginar” o filme do “X-Force”, novo grupo mutante vindo dos quadrinhos da Marvel, como uma produção de classificação indicativa “R” (para maiores de 17 anos) nos EUA.

“Eu acredito que algumas histórias podem ter essa censura. Acho que os filmes principais dos ‘X-Men’ têm seu próprio tom, mais lírico. Mais dramático. Já ‘X-Force’ eu consigo imaginar com uma censura adulta. Quem sabe?”, ele disse, em entrevista ao site Collider.

A Fox planeja a criação de um longa do “X-Force” há alguns anos e Jeff Wadlow (diretor de “Kick-Ass 2”) chegou a ser contratado pelo estúdio para criar o roteiro. O sucesso de “Deadpool” pode tirar esse projeto do papel, mas não garante, necessariamente, que a produção seja para maiores.

Outro rumor, que surgiu no Reddit, considera que até “Wolverine 3” pode ser voltado para o público adulto. A classificação do filme ainda não foi confirmada e, como os detalhes sobre a trama ainda são desconhecidos, é difícil prever se seria o caso. Durante a Comic-Con de San Diego, o ator Hugh Jackman deu entender que o longa adaptaria a trama pós-apocalíptica de “O Velho Logan”, cuja violência caberia na classificação “R”.

“Não posso falar muito, mas digo que, em sua essência, o longa é algo que Hugh e James estão empolgados há algum tempo”, disse Kinberg, referindo-se também ao diretor James Mangold, que retomará a parceria com Hugh Jackman após filmar “Wolverine – Imortal” (2013).

Em sua estreia, “Deadpool” bateu o recorde de bilheteria de filmes com classificação “R” nos EUA, arrecadando US$ 132 milhões. Até então, todas as adaptações da Marvel chegavam no máximo à classificação “PG-13”, liberadas para maiores de 13 anos. No Brasil, “Deadpool” foi exibido com indicação para maiores de 16 anos.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna