As 10 maiores bilheterias do cinema brasileiro em 2015 foram comédias

As 10 maiores bilheterias do cinema brasileiro em 2015 foram comédias

De acordo com dados compilados pela Rentrak Brasil, o cinema brasileiro se resumiu à comédias em 2015. Pelo menos, do ponto de vista do público, que lotou os lançamentos do gênero. De forma impressionante, todo o Top 10 das maiores bilheterias do ano foi tomado por comédias.

O fenômeno é reflexo do “gosto” do circuito, que abriu suas portas para os humorísticos da Globo Filmes. A maioria das comédias listadas tiveram lançamentos em mais de 500 salas de cinema. A mais modesta, “S.O.S. Mulheres ao Mar 2”, abriu em 430 telas, enquanto a mais ambiciosa, “Até que a Sorte nos Separe 3”, saiu derrubando recordes com estreia em 810 salas. Conforme esperado, o filme estrelado por Leandro Hassum precisou só de uma semana para entrar no Top 10 anual.

Entre as comédias mais cotadas, quatro são continuações, demonstrando a vocação para blockbuster tropical que o mercado lhes delegou. Quatro também são derivadas de séries ou programas humorísticos, ressaltando a tendência televisiva deste tipo de cinema. Para completar, muitas foram criadas “em série” pela mesma equipe, o que explica porque resultam parecidas, como produtos de uma linha de montagem industrial. Operário padrão, o diretor Roberto Santucci assina três filmes no Top 10 – um fenômeno! – , seguido pela cineasta Chris D’Amato, com dois títulos. É isto mesmo: duas pessoas dirigiram a metade do Top 10 de 2015.

O lado B desta concentração é um grande vazio na produção nacional de outros gêneros. Mas isso não é culpa dos cineastas, que rodaram vários filmes, inclusive premiados no exterior. A culpa é, sim, do mercado exibidor, que não programa lançamentos sem rostos sorridentes de atores da TV Globo. Os números não deixam dúvidas.

O drama mais bem qualificado no ranking foi “Que Horas Ela Volta?”, produção premiada nos festivais de Sundance e Berlim, e candidato frustrado a uma vaga no Oscar, que teve cobertura intensa na mídia, inclusive com matérias no “Fantástico”. Mesmo assim, foi lançado em ridículas 91 salas. Com o buxixo na imprensa, manteve-se em cartaz por mais tempo que a maioria dos dramas nacionais – cujo destino em 2015 foi entrar e sair dos cinemas em poucos dias – , o que resultou em 496 mil espectadores e a 11ª maior bilheteria nacional do ano.

O maior filme de ação, por sua vez, foi “Operações Especiais”, assistido por 358 mil espectadores em 14º lugar no ranking geral. Já o primeiro suspense da relação é “O Vendedor de Passados”, visto por 82 mil pessoas em 20º lugar. Mas a maior curiosidade está na inclusão de dois documentários entre os 20 filmes mais vistos do ano: “O Sal da Terra” (17º lugar) e “Chico – Artista Brasileiro” (19º lugar). É significativo que ambos tenham ficado vários dias em cartaz em salas dedicadas. Ou seja, o público aparece quando encontra os filmes em cartaz.

O resto do Top 20 é só comédia. O que não é razão para rir.

[symple_column size=”one-third” position=”first” fade_in=”false”]

cartaz_40

[/symple_column]

[symple_column size=”two-third” position=”last” fade_in=”false”]

 
 

1.
Loucas pra Casar

Lançamento em 560 salas
3,7 milhões espectadores

[/symple_column]

[symple_column size=”one-third” position=”first” fade_in=”false”]

vai-que-cola

[/symple_column]

[symple_column size=”two-third” position=”last” fade_in=”false”]

 
 

2.
Vai que Cola

Lançamento em 612 salas
3,2 milhões espectadores

[/symple_column]

[symple_column size=”one-third” position=”first” fade_in=”false”]

meupassado_cartaz

[/symple_column]

[symple_column size=”two-third” position=”last” fade_in=”false”]

 
 

3.
Meu Passado Me Condena 2

Lançamento em 602 salas
2,6 milhões espectadores

[/symple_column]

[symple_column size=”one-third” position=”first” fade_in=”false”]

carrossel_cartaz

[/symple_column]

[symple_column size=”two-third” position=”last” fade_in=”false”]

 
 

4.
Carrossel

Lançamento em 510 salas
2,5 milhões espectadores

[/symple_column]

[symple_column size=”one-third” position=”first” fade_in=”false”]

cartaz_final_sos2_leve

[/symple_column]

[symple_column size=”two-third” position=”last” fade_in=”false”]

 
 

5.
S.O.S. Mulheres ao Mar 2

Lançamento em 430 salas
1,5 milhões espectadores

[/symple_column]

[symple_column size=”one-third” position=”first” fade_in=”false”]

os-caras-de-pau

[/symple_column]

[symple_column size=”two-third” position=”last” fade_in=”false”]

 
 

6.
Os Caras de Pau em O Misterioso
Roubo do Anel

Lançamento em 550 salas
1,3 milhões espectadores

[/symple_column]

[symple_column size=”one-third” position=”first” fade_in=”false”]

lindacartaz

[/symple_column]

[symple_column size=”two-third” position=”last” fade_in=”false”]

 
 

7.
Linda de Morrer

Lançamento em 522 salas
948 mil espectadores

[/symple_column]

[symple_column size=”one-third” position=”first” fade_in=”false”]

qualquergato2cartaz

[/symple_column]

[symple_column size=”two-third” position=”last” fade_in=”false”]

 
 

8.
Qualquer Gato Vira-Lata 2

Lançamento em 513 salas
804 mil espectadores

[/symple_column]

[symple_column size=”one-third” position=”first” fade_in=”false”]

bemcasados_poster_0

[/symple_column]

[symple_column size=”two-third” position=”last” fade_in=”false”]

 
 

9.
Bem Casados

Lançamento em 450 salas
514 mil espectadores

[/symple_column]

[symple_column size=”one-third” position=”first” fade_in=”false”]

atequeasortenossepare_cartaz

[/symple_column]

[symple_column size=”two-third” position=”last” fade_in=”false”]

 
 

10.
Até que a Sorte nos Separe 3

Lançamento em 810 salas
500 mil espectadores

[/symple_column]

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna

1 Comment

  1. Aí vc olha pro cinema argentino e percebe pq estamos anos luz deles.

    Eh pra chorar.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.