X-Men: Cena com Mercúrio rendeu 45 dias de filmagem, enquanto Jubileu quase foi cortada do novo filme

 

O diretor Bryan Singer revelou, em entrevista à revista britânica Empire, que a cena de supervelocidade de Mercúrio, vista brevemente no trailer, foi a mais demorada de toda a filmagem de “X-Men: Apocalipse”, levando 45 dias para ser finalizada. Por conta disso, seu intérprete, Evan Peters, foi quem mais trabalhou no elenco do filme.

“A cena demorou um mês e meio para ser finalizada, e tem apenas três minutos de duração. Evans foi o ator que mais trabalhou nesse filme, devido a esta única cena”, revelou o cineasta.

Em situação oposta, Lana Condor, que vive a heroína Jubileu, quase nem suou, sendo quase cortada da produção. Isto porque a personagem não estava presente na primeira versão do roteiro. Jubileu acabou incluída por decisão exclusiva do diretor, aparecendo numa pequena participação. Ele se justificou dizendo que ela “é parte do novo universo em crescimento de X-Men”, sugerindo que deva ter destaque maior nos próximos filmes.

“X-Men: Apocalipse” estreia em 19 de maio no Brasil, uma semana antes do lançamento nos EUA.

Comente

Wilson Vianna é jornalista, fã de séries e filmes, mas se diverte mesmo com celebridades que se levam à sério.