Wayward Pines vai continuar com uma inesperada 2ª temporada

Wayward Pines vai continuar com uma inesperada 2ª temporada

 

A rede americana Fox surpreendeu positivamente aos fãs de séries com o anúncio da renovação de “Wayward Pines”, que vai ganhar uma 2ª temporada na televisão norte-americana. A surpresa se dá por conta da demora da definição. Produzida pelo cineasta M. Night Shyamalan (“A Visita”), a atração foi exibida como uma minissérie e teve seu final exibido há quase cinco meses. Mas como o desfecho foi aberto, muitos fãs clamavam por mais histórias passadas naquele universo, que rendeu um público cativo graças à sucessão de reviravoltas e combinações inesperadas de gêneros.

“’Wayward Pines’ foi um grande sucesso para nós no último verão”, disse o presidente da Fox David Madden, no comunicado sobre a renovação. “Ficamos absolutamente deslumbrados com o mundo misterioso e surpreendente criado por M. Night Shyamalan e seu time, e reviravoltas narrativas que atraíram a audiência desde o primeiro dia. A segunda temporada levará o suspense, a visão do futuro e os dramas que perseguem os personagens a novos níveis, e mal podemos esperar para que os fãs continuem nesta jornada no ano que vem”.

A trama iniciou como um suspense sinistro, com a chegada do agente do Serviço Secreto Ethan Burke (Matt Dillon, de “Crash: No Limite”) ao vilarejo de Wayward Pines, em busca de dois agentes federais desaparecidos. Ele logo descobre um complô na cidade, que controla seus moradores e os impede de partir. Mas nada era o que parecia. O mistério revelou-se, na verdade, uma sci-fi apocalíptica, passada no futuro, no qual a pitoresca Wayward Pines é tudo o que resta da humanidade.

As reviravoltas surpreendentes, com direito a mudança de gêneros, estrearam diante de 3,7 milhões de telespectadores e não perderam público. Ao contrário, chegaram a ser assistidas por mais de 4 milhões de pessoas ao vivo. São números elevados para o verão americano.

Por isso, mesmo que o trailer do último capítulo tenha sido anunciado como o final da atração, os executivos da Fox procuraram Shyamalan para novos episódios. O problema é que a continuação jamais esteve prevista. Isto porque toda a história foi contada, adaptando para o formato de minissérie a história do best-seller “Pines”, de Blake Crouch.

O cineasta, porém, também ficou animado com o resultado e teve várias reuniões com o roteirista e criador da adaptação, Chad Hodge (série “The Playboy Club”), para imaginar a continuação, que, segundo deu a entender o final, será centrado no jovem Charlie Tahan (“A Morte e a Vida de Charlie”), filho dos personagens de Matt Dillon e Shannyn Sossamon (“A Entidade 2”).

O excelente elenco original ainda incluía Melissa Leo (“O Lutador”), Carla Gugino (“Watchmen”), Toby Jones (“Capitão América: O Primeiro Vingador”), Hope Davis (série “The Newsroom”), Sarah Jeffery (“Descendentes”) e Reed Diamond (“O Homem Que Mudou o Jogo”), além de participações de Juliette Lewis (“Álbum de Família”) e Terrence Howard (“Homem de Ferro”). Mas a maioria dos personagens que eles interpretavam morreu ao longo da minissérie.

Agora, “Wayward Pines” vai retornar no verão norte-americano de 2016 (entre junho e agosto), em data a ser divulgada.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna