Vídeo revela que Peter Jackson pode dirigir um episódio de Doctor Who… e O Silmarillion

Vídeo revela que Peter Jackson pode dirigir um episódio de Doctor Who… e O Silmarillion

 

Um vídeo hilário da produção de “Doctor Who” tornou-se viral nesta semana, após ser postado no Facebook, graças à participação do diretor Peter Jackson (trilogia “O Hobbit”). A gravação serve como um teaser de sua possível participação na série, após vários anos se proclamando fã e prometendo dirigir um episódio “no futuro”.

Jackson aparece em sua casa, na Nova Zelândia, polindo seus Oscars e conversando com sua filha sobre um email de Steven Moffat, produtor de “Doctor Who”, a respeito da tal promessa que fizera, meio de brincadeira. Os dois são interrompidos pelo próprio Doctor, o ator Peter Capaldi, que entra na casa com uma contrato de Moffat e da BBC, mas é confundido com um fã da série. E enquanto pai e filha debatem a situação, um Dalek irrompe pela sala, às suas costas, fazendo o Doutor sair em disparada. Assim, diante dos inconfundíveis sons do Dalek e do acionamento da Tardis, Jackson passa a acreditar que… a TV está ligada em outro cômodo. O que é bastante celebrado, pois, se está passando “Doctor Who”, é sinal que também está na hora de “The Walking Dead”!

Nem Jackson nem Moffat, muito menos a BBC confirmam que o cineasta dirigirá um episódio da atração. Capaldi, por sua vez, não foi enviado à Nova Zelândia especificamente para gravar o vídeo. Na verdade, sua participação só aconteceu porque ele já estava no país como parte da promoção internacional da série. Tudo pode ser apenas uma pegadinha, aproveitada por Jackson para também lançar um teaser de seus futuros planos: na mesa do diretor, há um exemplar repleto de post-its do livro “O Silmarillion”, uma coletânea de histórias da Terra-Média, escritas por J.R.R. Tokien e publicadas postumamente em 1977.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna