Star Wars, Vingadores e Mad Max estão entre os pré-selecionados ao Oscar de Efeitos Visuais

Star Wars, Vingadores e Mad Max estão entre os pré-selecionados ao Oscar de Efeitos Visuais

 

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood divulgou a lista das 20 produções pré-selecionadas para disputar as cinco indicações ao Oscar 2016 de Melhores Efeitos Visuais. A entidade anunciou que mais um corte será feito, ainda em dezembro, para diminuir o número de filmes pela metade.

Os 20 títulos incluem os filmes de super-heróis da Marvel, “Homem-Formiga” e “Vingadores: Era de Ultron”, o blockbuster “Jurassic World”, o aguardado “Star Wars: O Despertar da Força”, o favorito da crítica “Mad Max: Estrada da Fúria” e o recente vencedor do BIFA (premiação de cinema indie do Reino Unido), “Ex-Machina”. Apesar do amplo domínio da ficção científica, a lista também traz curiosidades dramáticas, como “Ponte dos Espiões”, de Steven Spielberg, “A Travessia”, de Robert Zemeckis, “No Coração do Mar”, de Ron Howard, e “O Regresso”, de Alejandro González Iñárritu.

Os cinco finalistas serão conhecidos junto dos demais indicados ao Oscar no dia 14 de janeiro. Já a cerimônia do Oscar, que premiará o vencedor, está marcada para 28 de fevereiro.

[symple_divider style=”dashed” margin_top=”20″ margin_bottom=”20″]

FILMES PRÉ-SELECIONADOS PARA O OSCAR DE EFEITOS VISUAIS

[symple_column size=”one-half” position=”first” fade_in=”false”]

007 Contra Spectre
Chappie
O Destino de Júpiter
Evereste
Ex-Machina
O Exterminador do Futuro: Gênesis
Homem-Formiga
Jogos Vorazes – A Esperança – O Final
Jurassic World
Mad Max: Estrada da Fúria

[/symple_column]

[symple_column size=”one-half” position=”last” fade_in=”false”]

Missão Impossível: Nação Secreta
No Coração do Mar
Perdido em Marte
Ponte dos Espiões
O Regresso
Star Wars: O Despertar da Força
Tomorrowland
A Travessia
Velozes e Furiosos 7
Vingadores: Era de Ultron

[/symple_column]

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna