Spotlight é eleito melhor filme do ano pelos críticos de Los Angeles, Boston e Nova York

Spotlight é eleito melhor filme do ano pelos críticos de Los Angeles, Boston e Nova York

 

O filme “Spotlight” está se configurando como o favorito da crítica americana em 2015, após uma nova série de reconhecimentos de grupos representativos do setor. A dramatização da reportagem que revelou o escândalo de pedofilia na Igreja Católica, vencedora do Gotham Awards, foi eleita no domingo (6/12) o Melhor Filme do ano por três associações da crítica, englobando críticos de Los Angeles, de Boston e dos sites de Nova York.

Além de ser considerado Melhor Filme, “Spotlight” também foi unanimidade, entre as três associações, como o Roteiro do ano, escrito por Tom McCarthy e Josh Singer.

Os críticos nova-iorquinos ainda destacaram o longa nas categorias de Melhor Elenco (Michael Keaton, Rachel McAdams e Mark Ruffalo, entre outros) e Direção (também de Tom McCarthy).

Já os críticos de Los Angeles preferiram George Miller na categoria de Direção, por “Mad Max: Estrada da Fúria”. Os melhores intérpretes, por sua vez, foram Michael Fassbender em “Steve Jobs” e Charlotte Rampling em “45 Anos”.

A lista de Boston também escolheu Rampling como Melhor Atriz, mas dividiu o reconhecimento do Melhor Ator entre Paul Dano (“Love & Mercy”) e Leonardo DiCaprio (“O Regresso”). Já a Direção preferida foi a de Todd Haynes, por “Carol”.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna