Sharon Carter vai enfrentar Viúva Negra (ou Feiticeira Escarlate) em Capitão América: Guerra Civil

Sharon Carter vai enfrentar Viúva Negra (ou Feiticeira Escarlate) em Capitão América: Guerra Civil

 

As atrizes Emily VanCamp (série “Revenge”) e Scarlett Johansson (“Vingadores: Era de Ultron”) vão trocar socos e pontapés no vindouro “Capitão América: Guerra Civil”). A revelação foi feita por VanCamp em entrevista ao programa norte-americano “Entertainment Tonight”. No filme, ela interpreta a Agente 13, que finalmente será conhecida por seu verdadeiro nome, Sharon Carter.

“Eu fiz uma sequência de luta com Scarlett que foi muito divertida”, revelou a atriz sobre uma briga de sua personagem com a Viúva Negra no filme. Ou teria sido com a Feiticeira Escarlate, interpretada por Elizabeth Olsen? Enquanto a edição do programa aponta para a última, a Feiticeira Escarlate não deve se alinhar a nenhum dos grupos rivais. Já a Viúva estará claramente do lado oposto, após o governo propôr que os super-heróis sejam monitorados, rachando os Vingadores em dois times: os contrários, liderados pelo Capitão América (Chris Evans), e os favoráveis, defendidos pelo Homem de Ferro (Robert Downey Jr.).

Perguntada de que lado Sharon fica, VanCamp não deixa dúvidas: “Ela definitivamente é do time do Capitão América. Isso é o que é ela dentro do universo, ela está sempre do lado dele”, contou a atriz, lembrando que, nos quadrinhos, Sharon é a parceira romântica mais consistente do super-herói.

VanCamp, inclusive, disse que o lado romântico dos personagens começará a ser aprofundado, dando a entender que Steve Rogers descobrirá o parentesco dela com sua antiga namorada dos anos 1940, Peggy Carter. “Nós vamos explorar isso, eu não posso dizer que chega a mesma extensão (dos quadrinhos), mas eles certamente estão começando a conhecer um ao outro; e eles sabem quem eles são”, explicou.

“Capitão América: Guerra Civil” estreia em 28 de abril no Brasil, uma semana antes do lançamento nos EUA.

Confira alguns trechos da entrevista, inclusive a confusão “escarlate”, no vídeo abaixo:

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna