Robin de  Batman vs. Superman teria sido identificado

Robin de Batman vs. Superman teria sido identificado

 

O site que mais chuta na internet, Latino Review, afirma ter descoberto qual Robin aparece em “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”.

Para começar, o Robin do filme não será Carrie Kelley, a versão feminina criada por Frank Miller na minissérie/graphic novel “O Cavaleiro das Trevas” em 1986, como o próprio Latino Review afirmou antes. Nem terá a atriz Jena Malone como intérprete, novamente como os chutadores de traves chegaram a afirmar

Também não será o Robin original, que estaria morto na primeira versão do boato que o Latino Review espalhou.

Acreditando que a terceira vez pode ser a da sorte, o site agora jura que o uniforme do personagem, exibido nos trailers de “Batman vs Superman”, pertence a Jason Todd, o segundo Robin dos quadrinhos, que foi assassinado pelo Coringa na trágica saga “Morte em Família” de 1988 (como só Gwen Stacy permanece morta nos quadrinhos, ele já voltou à atividade nos gibis americanos).

No filme, o personagem teria sido assassinado pelo Coringa, o que contribuiu para Batman se tornar mais amargo.

Além disso, o Latino Review afirma que Dick Grayson, o Robin original, também será citado na produção. Vale lembrar boatos ainda mais antigos do site, que garantiam que Asa Noturna, a nova identidade de Greyson, participaria do filme. Um errinho aqui, outro ali, formam um montão de asneiras.

Para concluir, o site ainda “revelou” quem Jena Malone interpreta no filme. Depois de dizer que ela seria Robin e até Batgirl, o Latino Review afirma que ela aparecerá apenas como Barbara Gordon, a identidade secreta da Batgirl – também conhecida, nos quadrinhos, como Oráculo, pela habilidade hacker que desenvolveu após ser colocada numa cadeira de rodas pelo Coringa.

Será que há alguma verdade nisso? Os novos rumores são mais prováveis que os anteriores, fazendo com que, depois de inúmeras informações erradas, o site possa se gabar por ter acertado algo. Mas acertar um tiro após cinco disparos não transforma quem mira o alvo em excelente atirador. Qualquer fanboy, sem acesso a “fontes privilegiadas”, poderia chegar nas mesmas conclusões do site.

A Warner, como de praxe, não se manifesta sobre os chutes. Mas estes e outros boatos tem prazo curto de validade, pois “Batman vs Superman: A Origem da Justiça” estreia em 24 de março.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna