Favorito ao Oscar, Spotlight ganha trailer legendado e pôster nacional

Favorito ao Oscar, Spotlight ganha trailer legendado e pôster nacional

 

A Sony Pictures divulgou o pôster nacional e o trailer legendado de “Spotlight – Segredos Revelados”, docudrama que vem se destacando na temporada de premiações e é favorito à indicações no Oscar 2016. A prévia resume a trama e é uma porrada, com elementos de suspense intenso e drama catártico, ao som de “Dear God”, clássico da banda XTC.

Baseado em fatos reais, o filme apresenta a investigação jornalística que revelou o escândalo de pedofilia na Igreja católica americana, levada adiante por um time de repórteres do jornal Boston Globe, conhecido como Spotlight. Enfrentando a Igreja e advogados para fazer entrevistas e descobertas, os jornalistas conseguiram provas de centenas de casos de pedofilia, abalando as estruturas do catolicismo mundial, e foram premiados com o Prêmio Pulitzer de Serviço Público “por sua corajosa e abrangente cobertura do abuso sexual dos padres, um esforço que quebrou um sigilo, causou reações em nível local, nacional e internacional, e produziu mudanças na Igreja Católica”.

No filme, os jornalistas são interpretados por Mark Ruffalo (“Os Vingadores”), Michael Keaton (“RoboCop”), Rachel McAdams (“Questão de Tempo”), Brian d’Arcy James (série “Smasht”), Liev Schreiber (série “Ray Donovan”) e John Slattery (série “Mad Men”). O forte elenco também inclui Stanley Tucci (“Jogos Vorazes”), Billy Crudup (“Watchmen”) e Len Cariou (série “Blue Blood”).

A direção é de Thomas McCarthy (“Trocando os Pés”), que também escreveu o roteiro em parceria com Josh Singer (“O Quinto Poder”), e o filme já venceu o Gotham Awards e a predileção da crítica, que o elegeu como melhor do ano em várias listas. Já em cartaz em circuito limitado nos EUA, “Spotlight” estreia no Brasil em 7 de janeiro.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna