Estreias da semana dão curto no circuito, distribuindo mais cópias que salas disponíveis

Estreias da semana dão curto no circuito, distribuindo mais cópias que salas disponíveis

 

Deu curto-circuito no circuito amplo dos cinemas brasileiros. E este cheiro é de queimado mesmo.

Para começar, alguém acredita que os cinemas deixarão de exibir “Star Wars: O Despertar da Força” em sua segunda semana em cartaz? Lançado em 1,3 mil salas, o longa ocupou 44% de todas as telas de cinema disponíveis no Brasil na semana passada. Pois agora, “Até que a Sorte nos Separe 3” está sendo anunciado como o maior lançamento da história do cinema brasileiro, com distribuição em nada menos que 810 salas de cinemas, a partir desta quinta (24/12).

Sendo assim, hipoteticamente sobrariam cerca de 900 salas livres para acomodar os demais filmes em cartaz e as outras estreias da semana no país. Pois bem, adivinhem com quantas cópias o filme infantil “Alvin e os Esquilos: Na Estrada” afirma que vai estrear, também nesta quinta? 946!

Êpa! Quantas salas de cinema existem no Brasil, mesmo? Segundo relatório divulgado em agosto pela Ancine, o país teria exatas 2.957 salas de exibição. Ou alguém fez mais cópias que salas disponíveis ou há algo muito estranho nos números que estão sendo divulgados pelo mercado. Será que isso tem auditoria, fiscalização?

Para acomodar os números anunciados, os dois longas de distribuição ambiciosa deveriam ser os únicos lançamentos da semana. Mas nada mais longe disso. Em circuito médio, ainda chegam a comédia “Já Estou com Saudades” em 60 salas e dois longas de qualidade – enfim! – “Macbeth: Ambição & Guerra” em 43 e “As Sufragistas” (Universal) em 34 telas.

Ah, não acabou. Em distribuição bem limitada, a semana ainda traz o documentário “Eu sou Ingrid Bergman”, em 12 salas, o excelente suspense alemão “Victoria”, em sete salas, e a comédia sexual australiana “A Pequena Morte”, em apenas duas salas do Rio.

Como cabe tudo isso no circuito? Oras, cinema não é o poder da imaginação? E onde fica a famosa criatividade brasileira para acomodar o inacomodável? Só perguntas respondem estas questões.

Os cinéfilos, que não tem nada a ver com isso, podem conferir os trailers de todas as estreias da semana abaixo, antes de verificar se estarão realmente em cartaz num cinema próximo. Lembrando que os melhores são, nesta ordem: “Victoria”, “Macbeth” e “As Sufragistas”. E os piores são os que vocês já bem.

ATUALIZAÇÃO: A Agência Nacional do Cinema (Ancine) publicou uma nova Instrução Normativa nesta quinta (24/12), obrigando os exibidores a fornecer periodicamente dados oficiais sobre distribuição de filmes e bilheteria dos cinemas brasileiros. É a auditoria que o surrealismo praticado pelo mercado pediu. Leia mais aqui.

[symple_toggle title=”Clique aqui para conferir os trailers de todos as estreias da semana” state=”closed”]

Estreias de cinema nos shoppings

Estreias em circuito limitado

[/symple_toggle]

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna