Estreia da cinebiografia de José Aldo é adiada após derrota no UFC

Estreia da cinebiografia de José Aldo é adiada após derrota no UFC

 

A derrota do lutador José Aldo no UFC, nocauteado aos 13 segundos de luta no sábado (12/12), após 10 anos de invencibilidade, levou à lona também os planos de lançamento de sua cinebiografia. Originalmente prevista para estrear em janeiro, “Mais Forte que o Mundo – A História de José Aldo” teve sua distribuição adiada nos cinemas brasileiros.

A decisão das empresas Downtown Filmes e Paris Filmes teria sido consequência direta da derrota para Conor McGregor, no UFC 194. Agora, o filme deve ser lançado apenas quando o amazonense voltar a vencer no MMA. O problema é que ainda não há previsão para sua próxima luta.

A campanha de divulgação já tinha iniciado, com a disponibilização do trailer, excelente por sinal, que pode ser conferido abaixo.

Dirigido e produzido por Afonso Poyart, responsável por “2 Coelhos”, o filme traz José Loreto (novela “Avenida Brasil”) como José Aldo e mostra a dura vida do lutador – da infância pobre em Manaus até a mudança de vida para o Rio de Janeiro e o título no UFC. “Mais Forte que o Mundo – A História de José Aldo” ainda destaca Cléo Pires (“Operações Especiais”) no elenco.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna