Suzanne Collins diz que não pretende escrever novos capítulos de Jogos Vorazes

Suzanne Collins diz que não pretende escrever novos capítulos de Jogos Vorazes

 

Após “Jogos Vorazes: A Esperança – O Final” lotar os cinemas, muita especulação tem sido alimentada a respeito de uma suposta continuação da história. O diretor Francis Lawrence, que dirigiu o longa, chegou a afirmar que voltaria à franquia caso a escritora Suzanne Collins, autora dos livros, desenvolvesse uma nova história.

Pois Suzanne publicou uma carta aberta no site da editora Scholastic afirmando que não tem planos para escrever nada mais sobre a saga. No texto, ela agradece a todos os envolvidos nos filmes, revelando vontade de seguir em outra direção.

“Depois de passar a última década em Panem, é hora de ir para outras terras. Mas, antes disso, eu gostaria de dizer um grande ‘obrigado’ a todos que se associaram com a franquia de filmes. Estou muito feliz pela forma como as quatro produções, que foram fiéis aos livros e inovadores em sua proposta, conseguiram dar vida àquele mundo nas telas”, escreveu.

“Não existe ‘Jogos Vorazes’ sem a Katniss. Eu esperava por alguém bom e ganhei uma pessoa que excedeu todas as minhas expectativas. Jennifer Lawrence, sua profundidade emocional, sua presença iluminada e poder de levar essa história: eu sempre serei grata a você por ter aberto a porta e permitido que tudo isso entrasse em sua vida”, escreveu.

“Para mim, a trilogia ‘Jogos Vorazes’ é parte de um objetivo maior de introduzir ideias e teorias sobre guerra para o público jovem, mas uma audiência muito maior e mais diversificada apareceu junto com os filmes e o crédito disso vai para todos que contribuíram com o projeto. Finalmente, para todos os leitores e espectadores que acompanham Katniss em sua jornada, muito obrigada por terem um papel em Jogos Vorazes, vocês são uma parte vital da experiência. Que a sorte esteja sempre a seu favor”, finalizou.

Comente

Wilson Vianna é jornalista, fã de séries e filmes, mas se diverte mesmo com celebridades que se levam à sério.