Snoopy ganha estrela na Calçada da Fama de Hollywood

 

O cãozinho Snoopy juntou-se a outros ícones da animação, como Mickey Mouse e Pernalonga, na Calçada da Fama de Hollywood. O personagem, que surgiu em 1950 nas tiras em quadrinhos da Turma do Charlie Brown (“Peanuts”), ganhou sua estrela na segunda-feira (2/11), localizada num espaço bem especial no Hollywood Boulevard: bem ao lado da estrela de seu criador, o artista Charles Shulz.

O cãozinho beagle extrovertido começou como um cachorro normal nas tirinhas de Schulz, andando em quatro patas e sem falas. Até que, em 1952, começou a ganhar balões reproduzindo os seus pensamentos. Logo, ele se tornou mais popular que o próprio Charlie Brown e todas as crianças originais do universo de Peanuts, vivendo aventuras próprias. Desde sua primeira aparição em desenho animado, no telefilme “A Boy Named Charlie Brown” (1965), ele é dublado pelo mesmo ator, Bill Melendez.

A homenagem, que contou com um boneco de Snoopy gigante fazendo poses, aconteceu na mesma semana do lançamento de sua nova animação, “Snoopy & Charlie Brown: Peanuts, o Filme”, que estreia nos cinemas americanos na sexta (6/11). A cerimônia contou com apresentação do cineasta Paul Feig (“As Bem Armadas”), que em seu discurso para introduzir o cãozinho disse que não só era seu fã na infância, como queria ser Snoopy quando crescesse. Também participou do evento Craig Schulz, filho do criador de Snoopy e roteirista do novo filme do personagem.

“Snoopy & Charlie Brown: Peanuts, o Filme” só vai chegar aos cinemas brasileiros no dia 17 de dezembro, quando irá concorrer diretamente com “Star Wars: O Despertar da Força”.

Comente

Wilson Vianna é jornalista, fã de séries e filmes, mas se diverte mesmo com celebridades que se levam à sério.