Os Dez Mandamentos vai ganhar mais uma versão de cinema

Os Dez Mandamentos vai ganhar mais uma versão de cinema

 

O épico bíblico “Os Dez Mandamentos” vai ganhar nova versão de cinema, desta vez em produção da Paramount Pictures. Segundo o jornal britânico Guardian, a ideia do estúdio é investir em uma visão diferente da história, amplamente conhecida e revisitada, mas sem fugir do enredo básico, em que Moisés liberta o povo judeu do tirânico faraó Ramsés.

Uma das passagens mais filmadas da Bíblia, “Os Dez Mandamentos” tem rendido filmes desde o cinema mudo. O cineasta Cecil B. DeMille fez as duas produções mais celebradas, em 1926 e a mais famosa, estrelada por Charlton Heston em 1956, quando quase bateu recorde de bilheteria da década. Mas, só nos últimos dez anos, foram produzidos um telefilme (em 2006), um desenho animado (em 2007) e uma nova versão intitulada “Êxodo: Deuses e Reis” (2014), dirigida por Ridley Scott (“Prometheus”).

No Brasil, a novela de mesmo nome da Record tem sido um fenômeno de audiência no horário nobre, acrescentando muitos detalhes inéditos na trama.

Em compensação, “Êxodo: Deuses e Reis” foi um fracasso de público, rendendo apenas US$ 268 milhões em todo o mundo – um prejuízo nada divino diante do orçamento de US$ 150 milhões de produção. Outras superproduções inspiradas na Bíblia também não demonstraram fôlego de blockbuster, como “Noé”, que arrecadou US$ 362 milhões globalmente. Isto tinha, aparentemente, arrefecido o interesse de Hollywood no gênero dos épicos bíblicos, levando ao adiamento de diversos projetos.

O remake de “Os Dez Mandamentos” ainda não definiu elenco nem esquipe técnica.

Wilson Vianna é jornalista, fã de séries e filmes, mas se diverte mesmo com celebridades que se levam à sério.

Mais Pipoca