Second Chance: Série de Frankenstein moderno ganha novo título e trailer

Second Chance: Série de Frankenstein moderno ganha novo título e trailer

 

A rede americana Fox divulgou o novo trailer de sua série inspirada no romance clássico “Frankenstein”, que, por sinal, sofreu nova alteração em seu título. Anteriormente conhecida como “The Frankenstein Code” e “Lookinglass”, a série agora vai se chamar “Second Chance”. A prévia serve, inclusive, para reorientar a divulgação, destacando o tema das segundas chances presente na premissa.

Na série, a experiência gótica de “Frankenstein” é reproduzida na era digital, sem relés, cabos, altímetros, fios condutores ou eletroimãs. Muito menos um monstro retalhado com parafusos no pescoço. Na trama, um velho xerife assassinado (Philip Baker Hall, de “Todo Poderoso”) é trazido de volta à vida no corpo de um homem mais jovem e mais forte (Rob Kazinsky, da série “True Blood”). Mas há problemas tecnológicos. Aparentemente, ele não pode passar muito tempo longe do tanque que lhe concedeu a eletricidade da vida. O que não irá lhe impedir de exercer sua vingança contra quem o matou e, no processo, aliar-se a seu filho (Tim DeKay, da série “White Collar”), que também é policial. Tudo isso enquanto mantém uma complicada relação com seus “criadores”, um bilionário antissocial da internet (Adhir Kalyan, da série “Rules of Engagement”) e sua irmã (Dilshad Vadsaria, da série “Greek”), que é uma engenheira biológica diagnosticada com câncer. O elenco também inclui a menina Ciara Bravo (série “Red Band Society”) como a filha de DeKay.

A série foi criada pela dupla de produtores e roteiristas Howard Gordon (séries “24 Horas” e “Homeland”) e Rand Ravich (série “Crisis”) e teve seu piloto dirigido por Michael Cuesta (série “Homeland”). A estreia está marcada para 13 de janeiro nos EUA.

Comente

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna